(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Em 8º lugar, com 45 pontos conquistados até o momento no Campeonato Brasileiro, o Fluminense ainda tem mais 5 partidas pela frente para tentar uma vaga na Taça Libertadores de 2022. Pensando no G6, segundo cálculos da UFMG, o Tricolor precisa de pelo menos mais 10 ou 11 pontos. Com 55 ou 56 pontos as chances de terminar entre os seis primeiros são altas.

Sendo assim, mais quatro vitórias em cinco jogos, ou três vitórias e dois empates, podem garantir o retorno do Time de Guerreiros ao torneio continental. Uma missão dura. Vale lembrar ainda que há uma enorme possibilidade de G7, G8 ou até G9, o que aumenta as chances. Existe, inclusive, a chance de vaga direta para a fase de grupos para os seis primeiros, já que Atlético-MG, Fla, Palmeiras e Bragantino estão envolvidos em outras competições e podem abrir vaga.

Confira o caminho do Fluminense até a última rodada e quais jogos o Tricolor pode conseguir esses pontos que precisa:

34ª rodada – Fluminense x América-MG (Maracanã)

(Foto: Mailson Santana – FFC)

Outro jogo em casa que o Fluminense não pode nem sonhar em perder pontos é contra o América-MG, confronto direto. É uma partida em que o Tricolor não pode abrir mão do resultado positivo. No primeiro turno, o Tricolor foi derrotado por 1 a 0 em Belo Horizonte.

35ª rodada – Fluminense x Internacional (Maracanã)

Foto: Lucas Merçon/FFC

Também está, em tese, entre os jogos mais complicados que o Flu terá nessa reta final. O confronto contra o Inter, em casa, poderá ser um confronto direto pelo G6, o que daria caráter de decisão ao duelo e ratificaria a importância da vitória. Caso tropece neste (ou no duelo frente ao Palmeiras), o Tricolor precisaria de um bom desempenho fora para “compensar”. No turno, o Flu perdeu por 4 a 2 no Beira-Rio.

36ª rodada – Atlético-MG x Fluminense (Mineirão)

(Imagem: Pedro Souza/Clube Atlético Mineiro)

O duelo fora de casa, contra o líder do campeonato, tem contornos para ser o mais “espinhoso”. Ainda mais porque poderá, quem sabe, ser o jogo do título para o Atlético-MG. Caso o Flu já enfrente o adversário campeão, ou de ressaca pelo título, melhor. Mas é uma partida que, inicialmente, não se conta pontos. Um empate já seria lucro. No turno, os clubes empataram por 1 a 1 em São Januário.

37ª rodada – Bahia x Fluminense (Arena Fonte Nova)

(Foto: Lucas Merçon – FFC)

O Bahia é outro clube que luta contra o rebaixamento. Caso precise desesperadamente da vitória para ficar na Série A, será um adversário duríssimo. Para o Flu, seria melhor enfrentá-lo já rebaixado ou livre do risco. Porém, é mais um dos jogos fora em que a vitória é possível e o Tricolor precisa pensar nos 3 pontos. No turno, o Time de Guerreiros bateu os baianos por 2 a 0 no Maracanã

38ª rodada – Fluminense x Chapecoense (Maracanã)

Foto: Lucas Merçon/FFC

Na última rodada, o Flu encara a Chapecoense, já rebaixada matematicamente, em casa. O confronto é bom. Caso o Tricolor dependa só de suas forças para ficar no G6, terá a “faca e o queijo” na mão para isso. Precisa somar os três pontos, assim como em outros confrontos em casa. No turno, o Tricolor bateu o adversário por 2 a 1, em Chapecó.