(Foto: Reprodução YouTube)

Um início de confusão tomou conta de Cotia-SP, antes e durante da primeira partida da final da Copa do Brasil Sub-17, entre Fluminense e São Paulo, que terminou empatada em 0 a 0, nesta segunda-feira.

O NETFLU apurou que a Federação Paulista de Futebol (FPF), apesar da liberação do São Paulo, impediu que a FluTV filmasse os lances de ataque do Tricolor das Laranjeiras. A alegação da entidade é que isso fazia com que os profissionais ficassem próximos demais da delegação paulista.

A situação ganhou viés de conflito, quase indo às vias de fato, porque a mesma política não fora adotada para a TV do São Paulo. Os funcionários da comunicação dos donos da casa puderam filmar tranquilamente próximo aos tricolores.

Depois do ocorrido, a diretoria do clube do Morumbi pediu desculpas à delegação tricolor e o Fluminense permitiu a permanência do profissional do São Paulo, apesar do clube das Laranjeiras seguir sem poder fazer suas filmagens no campo de ataque.