Dois mil e dezoito não foi aquele que nós, tricolores, gostaríamos. Começou sem expectativa, uma pitada de esperança com a conquista da Taça Rio, mas a dura realidade no fim do ano. As dificuldades financeiras e, consequentemente, a falta de peças de qualidade no elenco tornaram a temporada uma frustração. Mal no Brasileiro, Copa do Brasil e um suspiro na Copa Sul-Americana.

Apesar da decepção com a nossa paixão, o trabalho honesto e corajoso do NETFLU trouxe a você todas as informações do Fluminense. No site número um da torcida, você soube de tudo o que a grande imprensa produziu sobre a instituição, além de centenas de notícias apuradas pela nossa equipe, que cresceu.

No primeiro semestre, os jornalistas Rodrigo da Costa e Paulo Vitor Vasconcelos chegaram para não só manter, como aprimorar aquilo que é a marca registrada do portal: velocidade nas publicações. O torcedor sabe que no NETFLU a notícia chega primeiro e em quantidade.


A qualidade, claro, não foi deixada de lado e, por isso, Paulo Brito, que também exercia o papel de apuração do site, foi designado para a função de repórter especial. Semanalmente, o jornalista posta mais de dez matérias próprias.

Já no fim do ano comemoramos a primeira década do site. A festa contou com dezenas de grandes tricolores. Alguns destes foram homenageados com as camisas comemorativas dos dez anos. Também anunciamos a Flupress, de Gustavo Albuquerque e Dedé Moreira, expoentes na literatura tricolor, como integrante fixa do portal, um desejo antigo, que, enfim, pôde ser realizado.

Ainda em 2018 o NETFLU atingiu a expressiva marca de 200 milhões de visitas. No período, mais de 600 milhões de páginas foram exibidas, oriundas de quase 200 países e 1.100 cidades brasileiras. O portal se consolidou como o quinto independente de clube mais acessado do país e líder de audiência entre os sites tricolores desde sua fundação, em 5 de dezembro de 2008.

À nossa equipe marketing, comercial e financeira composta por Igor Menezes, Jonathan Christian, Alexandre Braga e Renata Velloso fica o nosso agradecimento, assim como grandes parceiros que já não estão conosco ou que ainda perduram como Jonathan Braga, do Flunited, e Gabriel Amaral, do Raiz Tricolor.

Um muito obrigado a você, tricolor, que mais uma vez, não apenas confia no trabalho profissional, sério e imparcial praticado diariamente, como o difunde para outros torcedores do Fluminense, a causa da existência do NETFLU.

Como não pode ser diferente, 2019 nos reserva muitas novidades, inúmeros desafios,que serão superados com perseverança naquilo que acreditamos. Mas a concretização de sonhos e projetos não irão ocorrer do jeito que imaginamos sem um Fluminense forte e vencedor.

E é por isso que deixamos registrados não somente o agradecimento a você, tricolor, mas o desejo do ressurgimento do Fluminense que conhecemos. Daquele clube que quando o NETFLU despontou provocava inveja nos rivais, medo nas agremiações menores e nos dava orgulho.

No período entre 2008 e 2012, o site número um da torcida tricolor se estabilizou devido aos resultados de campo obtidos pelo Fluminense de Diego Cavalieri, Mariano, Gum, Thiago Silva, Carlinhos, Thiago Neves, Deco, Emerson Sheik, Rafael Sobis, Washington, Fred, Abel Braga, Muricy Ramalho e tantos outros grandes nomes que enobreceram nossa vistosa camisa.

O FLUMINENSE forte é o NETFLU forte. Que assim seja em 2019!

Saudações Tricolores!

Equipe NETFLU.