(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Não é fácil para um jogador estrangeiro mudar de país e ficar longe da família em sua terra natal. Assim ocorre com muitos, como, por exemplo, o peruano Fernando Pacheco. Contratado pelo Fluminense no ano passado, o atacante já completou um ano no Brasil.

Em entrevista ao site peruano “El Bocón”, Pacheco comentou as dificuldades em ficar longe de seus familiares, especialmente em um momento tão complicado, onde o mundo atravessa uma pandemia global.

É difícil. Minha família é do Sul (do Peru), Bujama, Cañete. Mas eles estão bem. Está tudo tranquilo. Estão ligados sobre a Covid e mantendo todos os cuidados por conta da pandemia. Deus queira que logo haja uma solução para isso – disse.