Maracanã receberá presença de público na final da Copa América (Foto: Divulgação)

A Prefeitura do Rio de Janeiro liberou a presença de público na final da Copa América, sábado, entre Brasil e Argentina. Poderá haver ocupação de 10% do estádio (sendo 10% de cada setor) e será necessário um espaçamento mínimo de dois metros a cada pessoa ou família.

O organizador do evento, a Conmebol, ficou responsável por fazer, nesta quinta e nesta sexta, teste de Covid-19 em todos que entrarem no estádio. Quem estiver positivo não pode entrar.

Em entrevista coletiva, o prefeito Eduardo Paes afirmou que a situação será diferente da final da Libertadores de 2020, entre Santos e Palmeiras.

— A gente teve a final da Copa Libertadores, liberamos para que tivesse cinco mil convidados à época. E eles concentraram os cinco mil convidados em um setor do Maracanã, o que acabou sendo um problema, e a prefeitura multou naquele momento. A mudança que temos é essa: 10% em cada setor do estádio, ou seja, você tem um espaçamento grande entre as pessoas e, até onde eu entendo, são convidados da Conmebol, todos eles testados – disse Paes.