Flu admite processo de Levir, mas não explica ausência de advogado em defesa

Tricolor respondeu ao NETFLU por intermédio de uma nota

Após o NETFLU publicar em primeira mão o processo do ex-técnico do clube, Levir Culpi, cobrando mais de R$2,8 milhões, o Fluminense informou, na ocasião, que não se manifestaria. Horas depois, o site número 1 da torcida tricolor fez um desdobramento da informação, destacando que o clube não enviara um advogado para a sua defesa.

A partir da repercussão da matéria em outros sites, o Flu, enviou uma nota admitindo o processo e explicando sua postura. Entretanto, o clube não destrinchou no comunicado o motivo pelo qual não mandou um representante à 67ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro.

Confira a nota enviada pelo Fluminense ao NETFLU: 

“O Fluminense Football Club, diante das notícias veiculadas acerca da Reclamação Trabalhista ajuizada pelo seu antigo técnico de futebol Levir Culpi, vem a público informar que, de fato, o ex-treinador pleiteia contra o clube parcelas contratuais e rescisórias que entende devidas e ainda não há sentença.

De toda forma, em consideração ao bom relacionamento entre as partes, o Fluminense iniciou tratativas com representante e patrono do técnico Levir Culpi para a celebração de um acordo judicial.”