fred2Se voltar a jogar neste ano, Fred não estará no melhor de sua condição física e técnica. O edema na coxa direita não é sério, nem atrapalha a recuperação. Há um consenso entre os médicos do Fluminense, todavia, de que o centroavante precisa estar com, pelo menos, 80% de seu tratamento realizado para retornar aos campos.

Pular etapas e acelerar o processo de recuperação está fora de pauta. O Fluminense conta com Fred até no “sacrifício”, mas sem sobrecarregar o jogador através de meios artificiais.

Fred não sente dores, mas a possibilidade de voltar apenas em 2014 não está descartada.


Sem comentários