(Foto: Divulgação/FFC)

Acostumado com grandes conquistas e em dar alegrias ao seu torcedor, o Fluminense vive um período de “vacas magras”. Em 2020, o Tricolor completou oito anos sem um título oficial, o maior jejum desde as décadas de 80 e 90, quando ficou de 1986 a 1994 sem levantar um caneco (nove anos no total).

O último título oficial conquistado pelo Time de Guerreiros foi o Campeonato Brasileiro de 2012. De lá para cá, apenas turnos do Estadual (Taças Guanabara e Rio), que não se configuram como títulos oficiais, e a Primeira Liga, em 2016, torneio que foi autorizado pela CBF, mas na condição amistosa, ou seja, não oficial.

Se não conquistar nenhuma taça em 2021, o Fluminense iguala o seu maior jejum anterior. Em 1985, o Tricolor foi tricampeão carioca, vencendo o Bangu na decisão, e só voltou a ser campeão novamente em 1995, também do Carioca, com o famoso gol de barriga de Renato Gaúcho na final contra o Flamengo.