Fabrício Cabral é um dos jogadores do Fluminense na competição (Foto: Divulgação)

Começou neste sábado, em Brasília, a terceira edição da Copa Internacional de Futebol Legends. A edição contará com clubes tradicionais do futebol brasileiro como São Paulo, Botafogo, Corinthians, Atlético-MG, Flamengo, Vasco, Santos e Fluminense. Além de outros gigantes do futebol sul-americano como San Lorenzo, Sporting Cristal, Barcelona de Guayaqui e River Plate-URU.

Na primeira edição, em Punta del Este, no Uruguai, o vencedor foi o San Lorenzo-ARG. Já na segunda edição, disputada em Sete Lagos, Minas Gerais, o campeão foi o Atlético-MG, que agora terá a chance de defender o título. A 3ª edição da Copa Internacional de Futebol Legends será disputada no Estádio Bezerrão e tem final marcada para o dia 23. 

Na primeira fase, todos os 12 clubes, divididos em quatro grupos com três equipes em cada, disputam três partidas e o primeiro colocado de cada chave avança para as semifinais, e a seguir, os dois que passarem disputam a final.


É a grande chance para o torcedor do Distrito Federal acompanhar nomes como Ronaldinho Gaúcho, o uruguaio Alvaro Recoba, Serginho, Muller, Túlio Maravilha, Fabrício Cabral, Dodô, Donizete Pantera, Careca, Narciso, Alex Dias, Somália, entre outros.

Buscando o primeiro título da Copa Internacional de Futebol Legendes, o Fluminense está no grupo D da competição, ao lado do Santos e River Plate-URU. No modelo de tabela decidido pela organização do evento, o time enfrentará as equipes do grupo C.

O atacante Fabrício Cabral defenderá o Fluminense na competição. O Jogador atuará ao lado de nomes como Magno Alves, Alex Dias, Somália e Roberto Brum. O tricolor das Laranjeiras faz a sua estreia diante do Flamengo, no próximo domingo. A equipe enfrenta ainda Barcelona-EQU e Atlético-MG. O atacante comemora a oportunidade de defender o Fluminense e afirma que será interessante enfrentar o Flamengo logo na estreia da competição.

– Fui convidado pelo Bruno Reis, tive a oportunidade de jogar com ele por um ano e meio e agora voltarei a vestir a camisa do Fluminense. Toda estreia tem aquela expectativa e se tratando de um clássico do tamanho do Fla-Flu, se torna ainda mais prazeroso para jogadores e para a torcida que vai poder acompanhar o jogo.