Foto: Nelson Perez/FFC

O Fluminense disputou quatro partidas seguidas no Rio de Janeiro pelo Campeonato Brasileira. Era a grande chance de o time encostar ou, quem sabe até, entrar no G4. Não aconteceu. O aproveitamento foi de apenas 50%.

O primeiro jogo foi contra o Figueirense. O Tricolor abriu 2 a 0 no marcador, dava a impressão que construiria uma fácil vitória, mas tomou o empate no início do segundo tempo. Magno Alves livrou a equipe de perder dois pontos: 3 a 2.

Na partida seguinte, o clássico com o Botafogo. O mando foi do rival, em partida realizada na Ilha do Governador. O Flu teve mais chances, mas o Alvinegro venceu por 1 a 0. No dia 12, a melhor atuação no Brasileirão: 4 a 2 sobre o Atlético-MG de Fred e Robinho e grande atuação do Magnata.

Quando tudo conspirava a favor, veio o revés para a Chapecoense, time que o Fluminense nunca conseguiu derrotar na história.

 

03/09 – Fluminense 3 x 2 Figueirense – Brasileiro – Edson Passos (Gustavo Scarpa, Renato Chaves e Magno Alves)

07/09 – Botafogo 1 x 0 Fluminense – Brasileiro – Luso-Brasileiro

12/09 – Fluminense 4 x 2 Atlético-MG – Brasileiro – Edson Passos (Douglas, Marquinho, Gustavo Scarpa e Maranhão)

15/09 – Fluminense 1 x 2 Chapecoense – Brasileiro – Edson Passos (Cícero)