Flu não joga bem, mas bate o Náutico e volta a vencer...

Flu não joga bem, mas bate o Náutico e volta a vencer o Brasileiro

Samuel fez golaço e garantiu a vitória do Fluminense (Foto: Photocamera)
Samuel fez golaço e garantiu a vitória do Fluminense (Foto: Photocamera)

O Fluminense não jogou bem, mas o que importa é que a equipe, depois de quatro jogos, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Com gol de Samuel, o Tricolor bateu o Náutico por 1 a 0 na Arena Pernambuco na tarde deste sábado.

Mais uma vez, Vanderlei Luxemburgo surpreendeu na escalação do Fluminense. Optou por entrar com três volantes (Willian, Diguinho e Jean) e três homens na frente (Kenedy, Sobis e Fred). Nos primeiros minutos da partida, dava a impressão de que com os apoios dos laterais Igor Julião, pela direita, e Carlinhos, pela esquerda, a equipe tricolor levaria perigo e criaria jogadas ofensivas pelos lados.

Porém, ficou só na impressão. Sem nenhum criador no meio de campo, as jogadas não saíam. O Flu era um time acéfalo, lento e previsível. Não havia quem distribuísse as bolas. Do outro lado, o Náutico também mostrava porque é o lanterna do Brasileirão. Maikon Leite, veloz, até incomodava. Mas nada que assustasse. E o primeiro tempo era horrível, de baixíssimo nível técnico.

Para se ter uma ideia de quão ruim foi a primeira etapa, até o intervalo, nem Diego Cavalieri nem Ricardo Berna haviam feito qualquer defesa mais complicada.

Na volta para a parte final do jogo, Luxemburgo corrigiu os erros que cometeu na escalação trocando os improdutivos Jean e Kenedy por Wágner e Felipe, respectivamente. Com uma postura mais ofensiva, no entanto, o Fluminense dava espaços e o Náutico retornou melhor. Cavalieri precisou fazer duas defesas logo cedo em finalizações de Rogério e Eltinho. A segunda, inclusieve, foi cara a cara. Depois, foi a vez de Maikon Leite acertar a trave.

Ao passo que dava espaços, o Flu também passou a ter mais qualidade. E foi assim que o Time de Guerreiros chegou ao seu gol. Com belo passe de Felipe, Samuel (que entrara no lugar do apagado Sobis) se livrou de dois marcadores e fez um golaço, garantindo a vitória. Mas ainda havia tempo para sustos. No último lance da partida, Cavalieri salvou cara a cara com João Felipe.

Na próxima rodada, o Tricolor encara o São Paulo no Morumbi, no domingo que vem.