(Foto: Lucas Merçon/FFC)

No dia 15 de junho, no sábado da próxima semana, às 21h (de Brasília), no estádio do Maracanã, o Fluminense encara o Atlético-GO pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Diante isso, o Tricolor divulgou mais informações sobre a compra de ingressos para os torcedores que irão ao jogo:

A partir de 10h desta sexta -feira (7), os check-ins dos sócios do Flu para a partida serão liberados. A venda online para não-sócios e torcedores visitantes terá início somente na próxima terça-feira (11). Veja os valores e mais informações a respeito dos bilhetes abaixo:

 
 
 


– TODOS os torcedores que comprarem pela internet (incluindo visitantes) deverão acessar o estádio com E-Ticket, NÃO havendo, portanto, retirada de ingresso. Além do ingresso virtual, os sócios também poderão acessar o estádio com a carteirinha de sócio. Uma vez selecionada, a forma de acesso ao estádio não poderá ser alterada

– Se você inseriu o ingresso na carteirinha, lembre-se: seu ingresso é sua carteira de sócio. Sem ela, não será possível entrar no estádio!

Para utilizar acessar o estádio com o QR Code dinâmico, o sócio deverá baixar o APP da FutebolCard e fazer login com o CPF (apenas os números, sem pontos e hífen) e a mesma senha do Portal do Sócio. O QR Code dinâmico ficará disponível 6 horas antes do evento.

Ele é baixado automaticamente quando o sócio entra no APP e ficará disponível na aba “Meus pedidos”. Uma vez baixado, o QR Code funcionará mesmo que não haja conexão com internet e o acesso ao estádio será somente com o APP.

– NÃO SERÃO ACEITOS O “E-TICKET” ESTÁTICO E PRINTS PARA ACESSO AO ESTÁDIO.

Vendas em fluminense.futebolcard.com

COMPRA DE INGRESSOS: Será OBRIGATÓRIO apresentar o CPF na compra do ingresso de qualquer tipo (inteira, meia ou gratuidade). O documento deve ser oficial físico ou digital em app oficial do governo. Não serão aceitas fotos do documento. O PAGAMENTO DE INGRESSOS NOS PONTOS DE VENDA SÓ PODERÁ SER FEITO EM DINHEIRO.

IMPORTANTE: Uma vez entregue, o ingresso passa a ser de total responsabilidade do torcedor, não cabendo ao clube qualquer tipo de ressarcimento em caso de qualquer incidente ou perda.