Destaque na campanha do título da Série C do Campeonato Brasileiro, o goleiro Simão, do Operário-PR, está sendo monitorado pelo Fluminense. O jogador poderá assinar um pré-contrato a partir de maio e a intenção do Tricolor das Laranjeiras seria um acordo de dois anos sem custos, com o clube paranaense mantendo parte dos direitos econômicos para lucrar em uma futura venda.

– Simão é um excelente goleiro e não vejo problemas em liberá-lo para a Série A caso seja dentro das condições do Operário-PR. Queremos ficar com 35% dos direitos econômicos. A multa dele é de R$ 2,5 milhões e podemos abrir mão de parte do valor. Mas queremos pelo menos R$ 1 milhão – resumiu o presidente José Álvaro Góes.

O Fluminense serviria como vitrine para Simão, mas o clube paranaense quer receber algum dinheiro no ato da negociação. O goleiro de 25 anos, que tem contrato até outubro de 2019, ficou marcado por uma sequência de cinco defesas difíceis na final contra o Cuiabá. Ele também está na mira do Avaí.