(Foto: Nelson Perez - FFC)

A venda de João Pedro para o Watford (ING), além de ter sido boa para os cofres do clube, ajudou o Fluminense a resolver algumas questões que estavam pendentes, como a dívida de R$ 6 milhões que tinha com a Udinese (ITA) referente à compra do meia Marquinho em 2016, ainda na gestão Peter Siemsen.

Pedro Abad e os dirigentes do clube inglês que fecharam a contratação da joia tricolor acertaram a dívida com o clube italiano e o Tricolor se livrou de uma ação na FIFA que já havia entrado em curso. Vale lembrar que tanto o Watford, quanto a Udinese são controlados pela família Pozzo, o que facilitou a renegociação da dívida.

Em paralelo, o Fluminense ainda aguarda receber do Watford o valor de R$ 17 milhões referente à venda do atacante Richarlison ao Everton (ING). Faltam apenas detalhes burocráticos para que o Tricolor receba a quantia de que tem direito e ganhe mais uma injeção de grana em seus cofres para combater a crise financeira.