Flu ainda paga salário de jovem desaparecido, mas mãe se desespera

Flu ainda paga salário de jovem desaparecido, mas mãe se desespera

Gabriel Costa está há 35 dias desaparecido

Gabriel Costa, revelado nas categorias de base do Fluminense, continua desaparecido. O sumiço do jovem de 18 anos completa 35 dias nesta sexta-feira. A família do garoto reclamada falta de informações da polícia sobre o caso e de apoio do clube, que continua pagando o salário integralmente do volante.

“Ele tem carteira assinada, tinha contrato até 2014 com o Fluminense. Na última vez que fui ver a conta tinha R$ 429, é menos da metade do que ele recebia. Não sei até quando vão pagar o salário dele. O Gabriel também ajudava em casa. A situação é difícil, ninguém fala nada sobre o paradeiro do meu filho – se desespera a mãe do jogador, Simone Oliveira.

O menino foi visto pela última vez em 16 de maio em um bar de Nova Iguaçu, município da Baixada Fluminense.

A assessoria de imprensa do Fluminense diz que continua depositando integralmente o salário do jogador, mas explica que houve atrasos nos pagamentos no último mês. Também declara que manterá o contrato até que haja uma definição sobre o caso.