Muricy comandou o Fluminense ao título brasileiro de 2010 (Foto: Wallace Teixeira - Photocamera)

Em 2010, ano do tricampeonato brasileiro do Fluminense, o Tricolor esteve muito perto de perder seu treinador no meio da competição. Muricy Ramalho, no entanto, recusou o convite da CBF para treinar a Seleção brasileira e seguiu no comando do Time de Guerreiros rumo à taça.

Mas será que o Fluminense teria sido campeão brasileiro daquele ano mesmo se Muricy saísse? Em entrevista ao portal GE, o meia Darío Conca, destaque daquela equipe, deu a sua opinião e tentou responder a questão hipotética.

– Sabíamos que com o Muricy saindo, chegaria um outro treinador muito bom, porque o Fluminense estava forte, contratando os melhores treinadores sempre. Mas é difícil falar. Seria muito difícil, porque teria uma outra forma de trabalhar, e o Muricy é um treinador do qual a torcida abraçou e ele deu muito ao clube. Ele pegou o time certo para fazer um grande trabalho. Não falo que o Fluminense não seria campeão, porque tinha muita coisa boa. Mas que seria difícil, seria – disse.