Na manhã deste domingo, o Fluminense foi a campo para sua primeira partida em casa pelo Campeonato Brasileiro, em São Januário, contra o Cuiabá. Com atuação modesta, o Tricolor jogou o suficiente para vencer o adversário por um 1 a 0, mas levou alguns sustos, especialmente no segundo tempo, que por pouco não custaram o resultado. Gabriel Teixeira, aproveitando cruzamento de Yago, marcou o gol do Time de Guerreiros, que venceu a primeira no Brasileirão e chegou aos 4 pontos.

O início de jogo do Flu foi cauteloso. Por conta do forte calor, o Tricolor optou por não elevar a intensidade logo de cara e esperou o Cuiabá, que tinha mais a posse da bola, mas não criava oportunidades. A primeira grande chance, porém, foi do Time de Guerreiros. Aos 11′, em troca de passes na entrada da área, a bola sobrou para Caio Paulista, que bateu de canhota, mas no meio do gol. O goleiro Walter, bem posicionado, encaixou. Mesmo tendo menos a bola no pé, o Flu ainda era mais perigoso.

Para se ter uma ideia, até a parada técnica aos 25′, eram cinco finalizações do Tricolor e nenhuma do adversário. Faltava o capricho no passe para furar a defesa adversária e mais participação dos pontas, Caio e Biel, atuando com velocidade pelos lados. Quando parecia que o placar não seria alterado até o intervalo, aos 40′, o Time de Guerreiros chegou ao gol rodando bem a bola. Yago recebeu pelo lado direito e cruzou rasteiro para Gabriel Teixeira aparecer no meio da área, como um centroavante, para cutucar e abrir o placar: 1 a 0.

Com a vantagem, o Flu foi para o vestiário mais tranquilo e voltou para a segunda etapa jogando como gosta: esperando o adversário e jogando no erro do rival em velocidade. Aos 12′, porém, um susto. Em cobrança de falta de Pepê, o Cuiabá quase chegou ao empate, mas a bola foi na trave. Marcos Felipe ainda chegou a resvalar nela. O Tricolor era pouco ameaçado, mas o resultado mínimo era perigoso e dava esperanças ao adversário para buscar ao menos um ponto no Rio.

Na reta final, o time visitante cresceu e o Flu sofreu riscos desnecessários. Roger Machado colocou gás novos nas pontas e na frente para marcar as subidas em velocidade do Cuiabá, que até conseguiu chegar ao empate. No entanto, o gol foi anulado por impedimento pela arbitragem. Com o resultado positivo, o Tricolor agora “vira a chave” para a Copa do Brasil. Na próxima quarta, enfrenta o Red Bull Bragantino fora de casa e pode até perder por um gol que avança às oitavas de final.

O Time de Guerreiros entrou em campo com: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Martinelli (Wellington 37’/2ºT), Yago e Nenê (Lucca 37’/2ºT); Gabriel Teixeira (Kayky 37’/2ºT), Caio Paulista (Luiz Henrique 30’/2ºT) e Fred (Abel Hernández 16’/2ºT).