(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Uma chuva de desfalques no Tricolor. No primeiro desafio como técnico do Fluminense, Odair Hellmann terá oito desfalques: por ordem médica, Frazan, Caio Paulista, Evanilson e Marcos Paulo. Já Henrique, Egídio e Yago Felipe não estão regularizados. Vale lembrar também que Fernando Pacheco está com a seleção peruana sub-23 que se prepara para o Pré-Olímpico, Michel Araújo nem sequer treinou com o elenco e Ganso está suspenso pelo TJD-RJ.

Devido aos problemas, Odair Hellmann vai contar com alguns jogadores da equipe sub-23, que vem sendo montada e preparada justamente para suprir eventuais desfalques do elenco principal. Por isso, os jogadores treinam todos juntos, para quando a oportunidade aparecer, ter condições de agarrar com unhas e dentes.

O grupo sub-23 conta com 11 jogadores e a maioria são crias de Xerém, mas que estouraram a idade sub-20. Para a lateral-esquerda, Odair conta com César, já para a direita, são três opções, Daniel, Wisney e Diogo. Na zaga, Higor. No meio-campo, os volantes Nascimento e Paulo Victor, além dos meias Gabriel Capixaba e Matheus Cassini. Para o ataque, Lucas Barcellos e Matheus Pato.

A tendência é que Higor, Nascimento, Paulo Victor, Gabriel Capixaba e Matheus Pato sejam ao menos relacionados, ficando como opção no banco de reservas. Já Lucas Barcellos possui grandes chances de ser titular. O jogador inclusive marcou um dos gols no jogo-treino vencido pelo Tricolor por 7 a 0.

No ano passado, o técnico Oswaldo de Oliveira chegou a relacioná-lo em uma partida. Lucas Barcellos estava treinando separado do elenco, após retornar do empréstimo ao Perilima-PB. Marcão também a levá-lo para o banco de reservas, porém o atacante não chegou a ser utilizado. A provável escalação do Fluminense deve ser Marcos Felipe, Gilberto, Matheus Ferraz, Luccas Claro e Orinho; Yuri, Hudson e Nenê; Pablo Dyego, Lucas Barcellos e Felippe Cardoso.