Playermaker é uma plataforma de rastreamento e análise de desempenho (Foto: Divulgação)

O Fluminense anunciou, nesta quinta-feira, a parceria com a Playermaker. O novo parceiro é uma plataforma de de rastreamento e análise de desempenho, desenhada especialmente para o futebol em todos os níveis. O acordo é válido por 12 meses.

A empresa utiliza um sensor de movimento inteligente nas chuteiras dos jogadores, capaz de gerar dados inéditos para a análise física, técnica, tática, de marcha e controle de carga.

— É um orgulho muito grande para a PlayerMaker associar a nossa marca a de um clube tão vitorioso e tradicional como o Fluminense. O processo de escolha da tecnologia dentro do clube foi rígido, tendo que passar pelo crivo de diversas áreas e profissionais muito experientes e respeitados no mundo do futebol. Ficamos bastante impressionados com a cultura de inovação presente no clube e estamos entusiasmados com as diversas possibilidades de uso da nossa ferramenta, principalmente na análise dos dados técnicos e biomecânicos, exclusivos da PlayerMaker no mercado – disse Thiago Oliveira, CEO da empresa no Brasil.

No dia 5 de maio, a ferramenta foi escolhida e chancelada pela Fifa para integrar o programa de inovação da entidade. Tal reconhecimento é o primeiro passo para tornar a tecnologia acessível a todos os times que fazem parte do Fifa Quality Programme EPTS (Eletronic Performance Tracking Systems).

A Playermaker tem clubes parceiros no México, Colômbia, Chile, Argentina, entre outros.