(Foto: Lucas Merçon - FFC)

De olho no mercado sul-americano, mas ainda temendo o fato de a janela de transferências internacionais abrir apenas no início de agosto, o Fluminense corre contra o tempo para fechar com reforços e inscrevê-los nas oitavas da Libertadores. Inicialmente, a diretoria do clube foca no mercado doméstico, em especial a Série B e alguns clubes da Série A, para contratar para o meio-campo e também atacante que joga pelos lados.

O NETFLU apurou que o clube pretende gastar cerca de 20% a mais do que esperava com os novos nomes, no intuito de contar com eles, pelo menos, no jogo da volta, diante do Cerro Porteño (PAR), dia 20, no Maracanã, pela principal competição continental. Também não está descartada a busca por atletas livres no mercado e que estão com contrato para acabar e que podem romper vínculos com seus respectivos clubes, o que não afetaria na questão envolvendo transações internacionais, por exemplo.

Em entrevista recente, Mário Bittencourt revelou que o Fluminense poderia contratar mais jogadores para as oitavas de final da Copa Libertadores. O tempo, porém, é curto. O Tricolor abre sua participação na próxima fase na terça-feira que vem, diante do Cerro, no Paraguai



O regulamento permite que os clubes mudem até cinco nomes na lista inicial de 50 inscritos. Porém, o prazo para a inscrição de novos jogadores encerra 72 horas antes do início do mata-mata, que começa às 19h15 (de Brasília) do próximo dia 13. Com isso, as inscrições para todas as agremiações terminam sábado à noite.