Gilberto e Miguel vinham sendo tratados e orientados remotamente (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Gilberto e Miguel iniciaram a quarentena em recuperação de lesões musculares. Agora, ambos já estão livres dos problemas e treinam sem quaisquer limitações com o grupo em suas casas. Desta maneira, o zagueiro Frazan, que passou por cirurgia no joelho direito ainda durante a pré-temporada, é o único que aida não tem condições de realizar as atividades.

Tanto o lateral-direito quanto o meia vinham sendo tratados e monitorados remotamente pelo departamento médico.

– Eles já tinham sido orientados, então já sabiam os procedimentos de evolução do trabalho. Já haviam começado os trabalhos conosco antes da pausa. Eles levaram equipamentos do clube para casa e ficamos remotamente orientando eles. A gente estava disponível para conversar com eles a qualquer hora que precisassem. Então, Gilberto e Miguel fizeram todos os protocolos estabelecidos, se recuperaram ainda a tempo de fazer o treinamento remoto que iniciamos antes das férias, porque eles já estavam na fase final da recuperação. Então, quando retornaram agora, voltaram normal. Eles já tinham feito o protocolo da transição com a preparação física – explicou o fisioterapeuta tricolor Nilton Petrone.