Fluminense divulga nota oficial sobre Mário Bittencourt

Fluminense divulga nota oficial sobre Mário Bittencourt

Nota destaca êxitos no trabalho do escritório de Mário Bittencourt
Nota destaca êxitos no trabalho do escritório de Mário Bittencourt

O Fluminense se pronunciou em relação a matéria publicada no jornal O Globo sobre os valores pagos ao escritório de advocacia de Mário Bittencourt, advogado e vice de futebol do clube. Em nota oficial, a diretoria tricolor afirma pagar os valores de mercado, além de não ter apenas Mário e seu sócio como representantes legais.

Fora isso, o Fluminense ressalta vitórias importantes conseguidas pelo escritório para o clube.

Veja a íntegra:

“Em relação à matéria publicada no jornal “O Globo” nesta sexta-feira, dia 9, o Fluminense vem a público fazer alguns esclarecimentos sobre o contrato firmado com o escritório que presta serviços jurídicos ao clube, do qual Mário Bittencourt é sócio. Além de Bittencourt e seu sócio, mais seis advogados associados e quatro estagiários trabalham diariamente defendendo os interesses do Fluminense. A remuneração do escritório está dentro dos valores praticados pelo mercado. O valor, inclusive, é fixo, sem cláusula de êxito, independentemente do número de ações.

Cabe ressaltar que o advogado Mário Bittencourt começou a trabalhar no Fluminense como estagiário, em 1998. Desde então, vem prestando serviços jurídicos ao clube de forma ininterrupta nas áreas trabalhista e esportiva.

Na atual gestão, seu escritório assumiu ainda os casos na área cível. Na área trabalhista, além de conduzir a construção do ato trabalhista que vem sendo cumprido regularmente pelo clube desde agosto de 2011, o escritório é responsável por 335 ações trabalhistas, 70 ações civeis e pela parte consultiva de ambas as matérias. Além disso, o escritório conduz todos os processos em tribunais esportivos de 14 modalidades esportivas, incluindo futebol profissional, futsal e todas as categorias de base, bem como também faz a respectiva parte consultiva. No total, são mais de 600 processos, muitos deles com sustentação oral.

O sucesso da atuação do escritório Bittencourt & Barbosa no atendimento ao Fluminense é inegável. Na atual gestão, entre causas ganhas, acordos e Ato Trabalhista, foram quitados mais de R$ 100 milhões em dívidas. Isso sem contar que o advogado Mario Bittencourt desfruta de grande reconhecimento por sua atuação em âmbito esportivo, sendo umas das maiores referências da matéria no país.

Em relação ao contrato de serviços jurídicos estar dentro dos valores praticados no mercado, o Conselho Deliberativo do Clube reconheceu tal fato com a aprovação do orçamento para o ano de 2015 e as contas do exercício anterior. Em ambos, constava o contrato atual de serviços jurídicos com o escritório citado. Na mesma linha o Conselho Fiscal recomendou a aprovação das contas de 2014 por unanimidade, com o contrato em vigor. Ao contrário da matéria publicada no jornal, aprovação de nomes para vice-presidências não passam pelo conselho fiscal.

Sobre o questionamento em relação ao acúmulo de funções no clube, trata-se uma questão extemporânea, já que ao assumir o cargo, em 2014, o tema já havia sido debatido longamente e aprovado em todos os conselhos do clube, incluindo deliberativo e diretor, conforme pode ser conferido neste link. Ademais, Mario Bittencourt já havia passado por cargo no futebol sem remuneração, atuando simultaneamente como advogado do clube, na espetacular recuperação de 2009.

Há o entendimento de que o advogado Mario Bittencourt, por todo seu tempo dedicado ao Fluminense e todo conhecimento jurídico, sabe exatamente diferenciar a atuação do seu escritório na defesa jurídica do Clube e a sua atuação na condição de vice-presidente de futebol do clube. Todos que exercem cargos não-remunerados no Fluminense, têm atividades profissionais em paralelo e sabem separá-las do trabalho que realizam no clube. Nesse sentido, não há qualquer conflito no exercício das duas atividades.”


Sem comentários