(Foto: Twitter oficial do FFC)

O time feminino de vôlei do Fluminense disputa sua primeira partida em 2022 nesta sexta-feira (14/01), quando enfrenta o Brasília Vôlei, às 20h, no Sesi Taguatinga, em jogo válido pela segunda rodada do returno da Superliga Feminina. O Tricolor ocupa o sétimo lugar na tabela de classificação com 18 pontos. São seis vitórias em 11 jogos disputados.

Na última vez em que entrou em quadra, no dia 21 de dezembro, pela última rodada do primeiro turno, o Fluminense conquistou uma importante vitória sobre o Sesi Bauru. De lá para cá foram 23 dias sem jogar. A estreia no returno estava marcada para o dia 7 de janeiro, contra o Osasco São Cristóvão Saúde, mas foi adiada devido a casos de Covid na equipe paulista.

Para a partida desta sexta-feira, o técnico Guilherme Schmitz não poderá contar com a líbero Lelê, que testou positivo para Covid-19. Stephanie Tarraga, a Teté, será titular em Brasília e Fernanda Achá, de apenas 17 anos, reserva.

– Com o adiamento da partida contra o Osasco, ganhamos um tempo maior de preparação, mas é natural que falte um pouco de ritmo de jogo. O Brasília é um adversário perigoso, no primeiro turno fizemos uma partida disputadíssima em Laranjeiras, mas temos condições de fazer um bom jogo na casa do adversário – disse Guilherme, relembrando a vitória tricolor no tie-break.

Transmissão

A partida terá transmissão ao vivo em pay per view pelo Canal Vôlei Brasil e o torcedor tricolor pode utilizar o código FLUMINENSE10 para ganhar 10% de desconto na assinatura. Parte do valor é repassada ao clube.