“O Fluminense ganhou por não ter me demitido”, diz Abel Braga

“O Fluminense ganhou por não ter me demitido”, diz Abel Braga

A taça de campeão carioca de 2012 ao lado de Abel

O período que antecedeu sua volta ao Fluminense e os momentos turbulentos logo em sua chegada foram comentados por Abel Braga. O técnico lembrou aquela ocasião e afirmou, sem modéstia, que a diretoria tricolor agiu certo por tê-lo mantido no cargo.

– Eu cheguei aqui em junho de 2011. O Fluminense ficou esperando três meses terminar meu contrato nos Emirados Árabes. Eu cheguei aqui e tomei pancada um mês, queriam me mandar embora. Não mandaram, e eu acho que eu ganhei, mas o clube ganhou mais ainda, porque conseguimos chegar à Libertadores, fizemos uma boa Libertadores em 2012, ganhamos o Campeonato Carioca, fomos campeões brasileiros. Agora estamos fazendo novamente uma boa Libertadores, chegamos em uma semifinal de Taça Guanabara e final de Taça Rio – disse.

Aproveitando o gancho, Abel Braga opinou sobre a política dos clubes brasileiros de demitir treinador baseado nos resultados.

– Mudar por mudar, isso é para pagar impacto. Esse negócio de derrota tirar treinador, isso é para tirar a responsabilidade de dirigente que não organizou bem. Se você contrata o treinador, forma a equipe da maneira que o treinador pediu, daqui a pouco os resultados não vêm e você manda o treinador embora, você está passando o atestado de incompetência também para você, diretor, porque não está confiando naquilo que você programou, que você criou como projeto. Às vezes leva um pouquinho de tempo.