(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Em entrevista ao portal GE, divulgada na última segunda-feira, o diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni, admitiu a possibilidade de vender jogadores ainda nessa janela de transferências. Conforme apuração do NETFLU, o clube deseja negociar apenas um atleta jovem antes do fim da janela do início de 2022.

Cabe mencionar que o clube trabalha forte na possibilidade de vender apenas um nome que possa render um bom dinheiro ao caixa. Nomes de André, revelação do último Brasileirão, Luiz Henrique e Arthur, destaque das categorias de base, são vistos com bons olhos pelo mercado e já receberam sondagens de clubes europeus recentemente.

A diretoria tenta evitar a venda apressada de suas jovens revelações a fim de valorizar o plantel que tem nas mãos.


Um dos que estavam para ser vendidos pelo Fluminense, o zagueiro Nino não se inclui nessa lista de jogadores por conta de seu baixo valor de mercado, algo comum para zagueiros, e ter 40% dos seus direitos econômicos ainda ligados ao Criciúma.