Marcos Júnior tem 60% dos direitos ligados ao Tricolor (Foto: Bruno Haddad - FFC)
Marcos Júnior tem 60% dos direitos ligados ao Tricolor (Foto: Bruno Haddad – FFC)

A temporada começou no Fluminense com os olhos voltados para Gerson e Kenedy. A dupla proporcionou um caminhão de dinheiro jamais obtido pela agremiação com a negociação de atletas. Mas dentro de campo, quem resolveu foram Gustavo Scarpa e Marcos Júnior, até então esquecidos. Os dois melhores jogadores oriundos da base em 2015, porém, não pertencem integralmente ao clube,

O Fluminense detém apenas 45% dos direitos econômicos de Gustavo Scarpa e 60% de Marcos Júnior. No primeiro semestre, Scarpa foi emprestado para o Red Bull Brasil, que disputou o Campeonato Brasileiro. Marcos Júnior seguiu no clube, mas quase  foi parar no ABC e no Ferencváros, da Hungria, também por empréstimo.

Aos 21 anos e convocado para a seleção olímpica, Scarpa disputou 23 jogos no Campeonato Brasileiro e Marcos Júnior, um dos destaques da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012, 26 partidas.


Sem comentários