Fluminense também é vítima de empresário, diz presidente do Rio Preto

Fluminense também é vítima de empresário, diz presidente do Rio Preto

Rio Preto quer receber valor referente à saída de Michael

O Rio Preto-SP, conforme noticiado no domingo, move ação judicial para receber uma parcela dos direitos de Michael que julga possuir. O presidente Virgílio Dalla Pria acusou o empresário João Santos de ter agido de má fé, mas isenta o Fluminense de culpa.

 
– Conversamos com o Fluminense que desconhecia deste papel do João Santos. O Fluminense também é uma vítima. Além disso, ficamos sabendo que o Fluminense pagou um valor para o João Santos, que teria que ser repassado ao Michael e não foi. Até o jogador foi vítima disto tudo – lamentou o mandatário do Rio Preto, explicando o caso:

 
– Estamos movendo uma ação contra o João Santos, que era parceiro do Rio Preto. O Rio Preto tinha 60% dos direitos econômicos (de Michael) e o João Santos os outros 40%. Chegou uma proposta do Desportivo Brasil que oferecia R$ 200 mil por 50% e o Coritiba ofereceu R$ 250 mil, por 60%. Neste tempo, o João se entendeu com o Fluminense e deu um sumiço nos contratos e levou o Michael para o Fluminense. Só que ele passou por cima do Rio Preto. O Rio Preto só quer um percentual equivalente a R$ 200 mil, que era a proposta oficial, por escrito que tínhamos.