n2Com a saída de Renato Gaúcho, Ney Franco passa a ser a primeira opção do Fluminense para assumir o cargo. O comandante do Vitória é um sonho antigo do presidente Peter Siemsen, responsável pela demissão de Renato.

Com contrato com o Vitória até dezembro de 2014, Ney foi o preferido de Peter em duas ocasiões em 2013. Na saída de Abel Braga, em julho, e em dezembro, ao término do Brasileirão. Nas duas ocasiões, no entanto, prevaleceu a vontade do presidente da Unimed. Primeiro, com Vanderlei Luxemburgo. Depois, com Renato.

A diretoria tricolor cogita acertar com Ney mesmo sem a participação do patrocinador no pagamento do salário. A opção desejada por Siemsen significaria um custo de aproximadamente R$ 450 mil mensais. Com Renato, o gasto era de R$ 50 mil, já que o restante, cerca de R$ 500 mil, era pago pela parceira.


Sem comentários