Sem o Maracanã e com mais um ano frustrante, o Fluminense lucrou pouco com bilheteria em 2016. Levantamento pelo jornal Lance mostrou que 70% do faturamento total do clube nos jogos como mandante foram destinados ao pagamento de despesas das partidas. Dos mais de R$ 5 milhões arrecadados, ficou com apenas R$ 1,5 milhão.

Confira abaixo a situação do Tricolor, Botafogo e Flamengo, que viveram problema semelhante com a ausência do principal estádio do Rio de Janeiro:

cariocas-renda

2