Flusócio rebate reportagem de jornal

Flusócio rebate reportagem de jornal

flusocio1Através de seu site oficial, a Flusócio, rebateu a reportagem do jornal “Extra” desta terça-feira. De acordo com a publicação, o grupo político de apoio à gestão Peter Siemsen articula a demissão do vice-presidente de futebol, Sandro Lima, e do diretor de futebol, Rodrigo Caetano. Confira a nota:

Repudiamos veementemente a matéria do repórter Leonardo André, do Extra, veiculada hoje, cujo texto afirma que a Flusócio trabalha para derrubar o vice de futebol Sandro Lima e o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

Já estamos acostumados a acusações infundadas principalmente em épocas eleitorais, mas esta ultrapassou todos os limites da decência e da razoabilidade.

Vamos aos fatos:

– a matéria é uma verdadeira colcha de retalhos, que pinça fatos distintos para tentar jogá-los no mesmo caldeirão de crise. Jackson Vasconcellos não faz parte da Flusócio e portanto um comentário seu não deveria aparecer ao lado de supostos (e bota supostos nisso) movimentos de nosso grupo. Somos da base de apoio da gestão, mas nem por isso precisamos assinar embaixo de tudo o que é feito e nem referendar todas as ações da gestão.

– Estamos bem à vontade para cobrar os resultados do planejamento do futebol em 2013, como ressaltamos neste post recente. Sugerimos o nome de Rodrigo Caetano há tempos e continuamos considerando-o um dos mais capacitados do país para a função. Obviamente houve erros na montagem do cenário para este ano, e a cobrança deve ser estendida ao VP de futebol, que responde pelo departamento, ao Fluminense e à Unimed, assim como foram os responsáveis por nossas glórias recentes.

– Dito isso, afirmamos novamente e sem medo: discordâncias não significam movimentos para derrubar ou desestabilizar como sugere o texto, pelo contrário, cobramos (assim como outros blogs tricolores reconhecidos o fazem) justamente por saber que o rumo pode ser corrigido e ainda temos esperança de terminar o ano com bons feitos atingidos.

– O clube enfrenta uma de suas piores crises financeiras, vem sendo sufocado por terceiros mesmo tentando seguir na linha correta de planejamento e o momento é de se seguir trabalhando e tentando acertar o avião em pleno voo. O time, por exemplo, ainda oscila, mas Luxemburgo vem tentando fazer as mudança mesmo sem tempo para treiná-lo. Erros e acertos serão comuns e tranquilidade no clube é fundamental. Portanto, lamentamos o teor da reportagem, desprezamos quem a segue como verdade e repudiamos quem quiser se aproveitar de uma MENTIRA para desestabilizar o futebol ou tentar colher outros feitos.

Estaremos daqui a pouco em frente à PGFNàs 16h, , de cara limpa, com a camisa do Fluminense e não articulando a queda de ninguém, mas sim defendendo a sobrevivência do FFC.