Flusócio volta a entrar em rota de colisão com Jackson Vasconcelos

Flusócio volta a entrar em rota de colisão com Jackson Vasconcelos

flusocio2As críticas da Flusócio ao diretor geral do Fluminense, Jackson Vasconcellos, continuam. Através de seu blog oficial, o grupo político detona a administração da comunicação institucional do clube, defendida pelo braço direito do presidente Peter Siemsen. Confira:

“Vejo com naturalidade as críticas, pois são torcedores. O torcedor tem uma reação mais apaixonada. Quem tem a responsabilidade não pode fazer. O torcedor muda muito de opinião, não posso transferir esse sentimento para a comunicação. Não posso fazer isso para ser desleal com quem usa a comunicação como fonte. O que ela critica é que ela quer que os canais sejam de comunicação do torcedor, e não do clube. Se for assim, tem que ser outro o viés, realmente. Mas assim não estaria comunicando. Não pode entregar a linha de comunicação à paixão da torcida”, ponderou Vasconcellos.”

As aspas acima saíram semana passada no site UOL, em matéria entitulada “Saiba a tática do Flu para evitar ser o ‘inimigo nº1 do futebol brasileiro”.

Se a Comunicação Institucional não pode funcionar como porta-voz da paixão de sua torcida e principal canal de defesa institucional do Fluminense, quem o fará? A redação de O Globo? A ESPN Brasil?

A Comunicação do Fluminense não é editoria de esportes, não é redação de jornal. É um mecanismo que existe para servir ao Fluminense, informar o seu torcedor, engajá-lo em programas institucionais e colocar a visão dos fatos do ponto de vista do Clube.

Quem não entende isso não pode trabalhar nesta área tão sensível, muito menos liderar o setor e definir sua estratégia.

Presidente Peter, até quando?”


Sem comentários