Nesta segunda-feira, fechando a rodada 26 do Campeonato Brasileiro, o Fluminense visitou a Chape na Arena Condá e conseguiu uma vitória fundamental para suas pretensões na competição. O Tricolor bateu o time catarinense por 2 a 1, com gols de Everaldo e Junior Sornoza, e subiu para a 9ª posição na tabela, chegando aos 34 pontos e abrindo 6 pontos da zona de rebaixamento. Leandro Pereira descontou para o time da casa.

Com o gramado pesado em Chapecó, Fluminense e Chapecoense iniciaram o jogo com promessa de uma partida disputada mesmo na ausência de técnica. Muitos escorregões marcaram os primeiros minutos do embate, com o campo de defesa tricolor sendo a área mais crítica. No entanto, mesmo com as condições precárias do palco, o primeiro gol não demorou a sair.

Logo aos 10, Luciano abriu com Everaldo na esquerda, que cortou para dentro e bateu colocado da entrada da área. A bola ainda triscou na trave antes de morrer no canto esquerdo de Jandrei. O Time de Guerreiros estava na frente do marcador, 1 a 0. Bem postada atrás, a zaga tricolor neutralizava bem as jogadas de ataque da Chape, e tinha nas poças d’água mais um adversário a ser batido no confronto.

Porém, os obstáculos não pareciam ser problema. Os comandados de Marcelo Oliveira faziam uma partida correta, como há muito não se via. Quase não levavam sustos atrás e, sempre que chegavam à frente,  levavam perigo com eficiência e objetividade. Em uma dessas descidas, Everaldo tocou com Sornoza e o gringo arriscou rasteiro de fora da área para vencer o goleiro e ampliar a contagem, 2 a 0.

Na segunda etapa, como era de se imaginar, o time da casa veio para cima para tentar diminuir o prejuízo e levou um pouco mais de perigo ao sistema defensivo tricolor. Sem criatividade, o time de Guto Ferreira apostava nas bolas altas, ou na pressão na saída de bola, jogando no erro do trio de zaga.

Já na reta final, em desatenção da equipe, a Chape encaixou um contra-ataque e com Leandro Pereira diminuiu o marcador, 2 a 1. No entanto, o Flu suportou bem a pressão e, apesar de ter caído de produção no segundo tempo, confirmou a vitória. O próximo compromisso do Tricolor é contra o Grêmio, no próximo sábado, às 16h, no Engenhão.

O Fluminense foi a campo com: Júlio César; Digão, Gum e Ibañez; Léo, Richard, Jádson (Airton 17’/2ºT), Sornoza e Ayrton Lucas; Everaldo (Matheus Alessandro 39’/2ºT) e Luciano (Kayke 32’/2ºT).