Na noite desta quarta-feira, o Fluminense recebeu o Red Bull Bragantino, no Maracanã, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Após um primeiro tempo abaixo, o Tricolor dominou completamente a segunda etapa, teve atuação impecável e construiu um bom resultado para o jogo da volta: 2 a 0. Fred e Abel Hernández marcaram os gols que deixam o Time de Guerreiros com a vantagem de poder perder por até um gol na volta que se classifica às oitavas.

A partida começou bastante truncada. As duas equipes buscavam ter a bola e pressionavam a saída adversária, mas ambos os times concentravam muito seu jogo pelo meio e congestionavam o setor. Do lado do Flu, os erros de passes no terço final do campo prejudicavam a criação das jogadas. Já o adversário, rodava melhor a bola e tinha mais a posse da redonda, embora também não conseguisse criar muito.

O primeiro tempo foi de poucas chances para os dois lados. A primeira oportunidade de real perigo saiu só aos 25′, quando Nenê recebeu de Egídio, dominou já limpando a marcação e bateu cruzado. O chute passou perto da trave esquerda do goleiro Júlio César. O Bragantino respondeu aos 33′ com Lucas Evangelista, que quase marcou um golaço após aplicar um chapéu em Luccas Claro. A bola passou raspando o poste.

Apesar de muita disputa, o placar não foi alterado na etapa inicial. Para tentar mudar isso, o Tricolor voltou para o segundo tempo com mais ímpeto. Passou a ocupar mais o campo do adversário e assumiu o controle da partida. Aos 15′, o esforço foi recompensado. Yago roubou a bola no meio-campo e achou Fred na frente. O centroavante tabelou com Gabriel Teixeira, recebeu de volta e finalizou no canto, sem chance para o goleiro: 1 a 0.

O Flu continuou em cima, e o segundo gol não demorou a sair. Em mais uma roubada de bola no campo de ataque, dessa vez de Martinelli, Yago recebeu na frente da área, enfiou para Abel Hernández por entre a defesa e o uruguaio não perdoou. Tocou na saída do goleiro para ampliar: 2 a 0. O Tricolor ainda teve outras oportunidades e podia ter feito o terceiro para matar a classificação, mas faltou capricho.

Os comandados de Roger Machado agora voltam suas atenções novamente para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, recebem o Cuiabá, no Maracanã, pela 2ª rodada do torneio nacional.

O Time de Guerreiros entrou em campo com: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago (Wellington 50’/2ºT) e Nenê (Ganso 33’/2ºT); Gabriel Teixeira (Kayky 33’/2ºT), Caio Paulista (Luiz Henrique 33’/2ºT) e Fred (Abel Hernández 23’/2ºT).