Problemas financeiros na Unimed fizeram Fluminense ser obrigado a negociar jogadores (Foto: Photocamera)

Abel Braga, segundo o Extra, não é mais técnico do Fluminense. Mas o técnico, de acordo com o jornalista Cosme Rímoli, está longe de ser o maior problema do clube. Ele informa em seu blog que a fonte na Unimed secou.

A crise teria chegado à empresa que precisou diminuir os investimentos no clube.  A situação só pode ser mantida até o fim da Libertadores.

Em função disso, jogadores como Thiago Neves e Wellington Nem precisaram ser vendidos para aliviar as finanças. O atacante, inclusive, teria sido contrário à ida para a Ucrânia, mas acabou forçado a se transferir. Ele preferia esperar uma proposta de algum centro mais importante.

Junta-se a esses fatores as penhoras que deixam também o clube de mãos atadas financeiramente.