A discussão em torno da música “Desde de pequeno eu te sigo”, cantada fervorosamente pela torcida do Fluminense em todas as partidas, continua dentro e fora das redes sociais. Depois da repercussão da matéria da última segunda-feira, publicada em primeira mão pelo portal NETFLU, salientando que a Bravo 52 alteraria, já no jogo contra o Internacional, o trecho “mulambo imundo”, a segunda maior organizada do clube se pronunciou.

Contrária a ideia da Bravo, a Torcida Força Flu (TFF) criticou duramente a proposta, repetindo o refrão de cunho racista em suas redes sociais. A TFF ainda alfinetou o “futebol moderno” ao defender a permanência da letra original da canção.

O site número 1 da torcida tricolor também procurou a maior organizada do Fluminense, a Young Flu, para se posicionar sobre o assunto. Até o fechamento desta matéria, porém, a uniformizada não se manifestou.

É fundamental relembrar que o tema ganhou corpo pegando o gancho no Dia da Consciência Negra, comemorado 20 de novembro. A partir daí, torcedores engajaram mais ainda a ideia de alterar o termo “mulambo imundo”, da canção “Desde pequeno te sigo”. A sugestão que conta com o apoio da Bravo é “volta pro remo”, mas mantendo o palavrão posteriormente.

Esta é a letra completa – e original – do hit tricolor “Desde pequeno eu te sigo”:

Desde pequeno eu te sigo
Estou contigo em todo momento
Superamos a queda com a força de um sentimento
Todo mundo dizia, Fluminense é o fim da sua vida
Mas a gente sabia da força da nossa torcida

Nós calamos a la 12 na Argentina, ô ô ô
Nossa torcida canta e pula o jogo todo
Não é pequena como a do Botafogo
Vascaíno, são paulino e palmeirense
Nunca fizeram uma festa como a gente

E pra você flamenguista me escuta
Mulambo imundo, filha da puta!
Mulambo imundo, filha da puta!