Flu perde inúmeras chances, mas Fred marca e evita derrota

Flu perde inúmeras chances, mas Fred marca e evita derrota

Fred perdeu ótima chance para marcar (Foto; Photocamera)
Fred perdeu ótima chance para marcar (Foto; Photocamera)

Não foram poucos os gols perdidos pelo Fluminense na noite desta quarta-feira, no Moacyrzão, em Macaé. Ainda assim, o empate por 1 a 1 foi para ser muito comemorado. Isso porque o Tricolor perdia até os 47 minutos do segundo tempo, quando Fred fez um golaço e deixou tudo igual, garantindo a segunda colocação no Carioca, já que o adversário o ultrapassaria caso vencesse. Daniel Tijolo marcou para o time de Cabo Frio

Sem Valencia, suspenso, Renato Gaúcho optou por um esquema mais ousado no Fluminense e entrou com Biro Biro fazendo trio de ataque com Rafael Sobis e Fred. E o jovem homem de frente, em boa parte, não decepcionou. Em boa parte porque foram dele as melhores chances da equipe no primeiro tempo. Com velocidade, fez duas grandes jogadas individuais, mas faltou o capricho nas finalizações. Chutou uma em cima do goleiro e outra sobre o gol. Em outra, recebendo bom passe de Diguinho, acertou a rede pelo lado de fora.

Os laterais tricolores não mostravam grande força ofensiva. Bruno tentava e Aílton, outra surpresa na escalação (entrou no lugar do machucado Carlinhos), era pavoroso e errava tudo que tentava. Nem mesmo Conca vinha inspirado. Dos seus pés, não estavam saindo as costumeiras boas jogadas. Ainda assim, o Fluminense dominava as ações. Sobis chegou a bater bola com perigo da entrada da área e ainda achou Fred para cabecear e parar nas mãos do goleiro Luis Cetim. Atrás, alguns espaços eram ofertados à Cabofriense. Em velocidade, o time da Região dos Lagos chegava a criar algum incômodo, sem, no entanto, obrigar Diego Cavalieri a fazer qualquer intervenção.

Veio o segundo tempo e o panorama da partida não se alterou. O Fluminense seguia pressionando e perdendo chances. Biro Biro desperdiçou uma e Fred também cabeceou para fora da pequena área após receber cruzamento preciso de Jean. O castigo veio a cavalo e no lance seguinte Daniel Tijolo mandou de cabeça para o fundo da rede de Cavalieri.

Atrás no marcador, o Tricolor mostrou um certo desespero e partiu para cima mais na base da transpiração do que inspiração. O jogador mais capaz do time, Conca, estava apagado, o que influia negativamente na criação das jogadas. Biro Biro, para não perder o costume, fez boa jogada individual dentro da área e errou o alvo, acertando a rede pelo lado de fora. Quando parecia que a derrota estava consumada, Fred fez bela jogada na área e tocou no canto para deixar tudo igual e garantir, ao menos, um pontinho.


Sem comentários