(Foto: Lucas Merçon/FFC)

Depois de virar o segundo maior artilheiro do Campeonato Brasileiro na última segunda-feira, empatado com Romário com 154 gols, Fred quebrou mais um recorde pessoal nesta quinta. O camisa 9 tornou-se o maior goleador da história da Copa do Brasil, também empatado com Romário, com 36 gols.

– Fico feliz pelo gol, mas não dá para comemorar. O Daronco falou quatro minutos, depois dois minutos. Orientamos para não tomarmos contra-ataque. Eles vieram posicionados. E tem o Hulk, tem o Zaracho, uns caras muito rápidos, com muita profundidade, e com um descuido nosso complicamos mais a situação. Sabemos que contra o Atlético quando você erra acontece isso aí – disse o camisa 9 no intervalo do jogo.

Apesar do gol, o Fluminense acabou derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1, no Engenhão, pelo jogo de ida das quartas de final do torneio. Agora terá que vencer fora para, ao menos, levar a decisão para os pênaltis. Lembrando que não há gol qualificado fora, logo, 1 a 0 basta.