Fred tem dívida com o Atlético-MG que beira os R$ 20 milhões (Foto: Lucas Merçon - FFC)

A batalha judicial de Fred contra o Atlético-MG teve novo capítulo na última terça-feira. E o resultado não foi bom para o atacante do Fluminense. O centroavante teve novo recurso negado, desta vez pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Belo Horizonte e terá de pagar uma multa que já beira os R$ 20 milhões ao seu ex-clube. Caso não o faça, pode até ficar impedido de atuar pelo Tricolor das Laranjeiras, diz o site Superesportes, de Minas Gerais.

O valor era inicialmente de R$ 10 milhões, mas passou por correção monetária. A multa estava prevista no acordo para sua rescisão com o Atlético-MG em 2017 caso ele se transferisse para o Cruzeiro na sequência, exatamente o que aconteceu.

A defesa do camisa 9 tricolor tentava anular decisão arbitral da Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), órgão da CBF, e confirmada posteriormente pelo Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA).

Esgotadas as possibilidades de recurso, Fred terá dez dias, a partir da intimação, para quitar o débito. Se não seguir o determinado na fase de execução, o atacante pode sofrer bloqueio financeiro e outras sanções, que vão desde o repasse de 10% de sua remuneração até a proibição de atuar pelo Fluminense. Além disso, o departamento jurídico do Galo tem a prerrogativa de ir à Justiça Comum para que seja cumprida a ação de execução.