CPI da Manipulação de jogos e Apostas Esportivas aprova e Lucas Paquetá é convidado a depor no Senado

Pinterest LinkedIn Tumblr

Lucas Paquetá, meio-campista do West Ham e da Seleção Brasileira, está sendo investigado por manipulação de jogos, com envolvimento no mercado de apostas. É mais um caso que ganha reconhecimento internacional, e que pode render sérias consequências ao atleta. O inglês Ivan Toney, condenado em uma situação parecida, foi suspenso por oito meses em 2022.

CPI convida Lucas Paquetá a depor no Senado

A situação de Lucas Paquetá continua complicada. Após votação, a CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas aprovou, nesta terça-feira (18), o convite para que Lucas Paquetá preste depoimento à comissão no Senado.

Por se tratar de um convite, Paquetá não é obrigado a prestar depoimento. O senador Eduardo Girão, vice-presidente do colegiado, destacou que o meia forçou quatro cartões amarelos entre novembro de 2022 e agosto de 2023.

Além do meia da Seleção Brasileira, a CPI também aprovou a quebra de sigilo de outros suspeitos de fraude. Glauber do Amaral Cunha teve a quebra de seu sigilo bancário, telefônico e telemático. Ex-árbitro, é suspeito de sobrar propina para interferir em uma partida do Campeonato Carioca.

Romário, ex-jogador e senador no Rio de Janeiro, também destacou o envolvimento em manipulação de resultados de William Pereira Rogatto. A CPI aprovou a quebra de sigilo de Rogatto e sua empresa.

No momento, Paquetá está focado na Copa América, junto com a Seleção Brasileira, que estreia contra a Costa Rica no dia 24 de junho.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp

[lwptoc]