Tag

Monaco

Browsing

O Monaco começa a fazer movimentos para a temporada 2024/2025 e na manhã desta quinta-feira (25), anunciou um novo reforço. Trata-se do atacante George Ilenikhena, nigeriano de 17 anos e que estava defendendo o Royal Antwerp FC, da primeira divisão belga.

Monaco gasta fortuna em atacante nigeriano

Segundo as informações da imprensa, o clube francês desembolsou a bagatela de 20 milhões de euros pela promessa nigeriana de 17 anos.  O jogador chega como grande esperança de gols do Monaco para a próxima temporada.

George Ilenikhena é natural da Nigéria, contudo, tem nacionalidade francesa. Na última temporada, o atacante de 17 anos foi um dos grandes destaques do Antwerp, marcando 14 gols em 50 partidas disputadas pelo clube belga.

Pelo Royal Antwerp, o jovem jogador venceu a Supercopa da Bélgica em 2023.

[lwptoc]

Eurocopa 2024 chegou ao fim de sua fase de grupos. Seleções favoritas como França, Inglaterra, Espanha e Portugal garantiram suas vagas nas oitavas de final. Ainda assim, não foi com falta de surpresas, uma delas sendo a classificação da Geórgia, que faz sua primeira participação no torneio. Um dos destaques do país na competição, o atacante Georges Mikautadze chamou a atenção de vários clubes da Europa, incluindo o Mônaco, que já fez uma proposta.

Mônaco faz proposta por Georges Mikautadze

Um dos destaques da Eurocopa 2024 pode estar perto de um novo clube. O jornalista Fabrizio Romano informou nesta sexta-feira (28), que o Mônaco chegou a um acordo verbal com o atacante Georges Mikautadze, da Geórgia.

Segundo o jornalista, o clube também já fez uma proposta para o Metz, com a intenção de antecipar outros times. A ideia é também fechar o acordo pelo jogador antes do fim da Euro. Mikautadze tem sido um dos destaques do torneio, com três gols e uma assistência em três partidas da fase de grupos.

Ele foi peça-chave para a Seleção Georgiana, em sua primeira competição importante. Junto com Kvicha Kvaratskhelia, foi fundamental na vitória sobre Portugal por 2 a 0, que levou a equipe para as oitavas de final do campeonato europeu.

Na última temporada da Ligue 1, teve 13 gols e quatro assistências em 20 partidas. Ainda assim, o Metz acabou rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Francês.

Receba notícias da Ligue 1 no seu WhatsApp

[lwptoc]

Os clubes europeus já estão se preparando para a próxima temporada. Diversas equipes estudam o mercado em busca de reforçar seus elencos. No caso do Tottenham Hotspurs, o time busca melhorar no futuro, em busca de uma vaga na Champions League. Os Spurs estão interessados no lateral-direito Vanderson, do Mônaco. Os vice-campeões franceses, no entanto, não devem facilitar as possíveis negocioações com os ingleses.

Mônaco deve pedir 40 milhões de euros para o Tottenham por Vanderson

O Tottenham Hotspurs já busca um possível substituto para Emerson Royal. O jornalista Fabrizio Romano informou nesta segunda-feira (17), que os Spurs estão interessados em Vanderson, do Mônaco. As negociações não devem ser fáceis, já que o clube francês deve pedir 40 milhões de euros pelo lateral.

Romano também destaca que os ingleses só devem iniciar negociações pelo jogador caso Royal realmente deixe o clube. Espera-se que o brasileiro deixe Londres, com o Milan send sua principal prioridade. O Mônaco teve um bom desempenho no último Campeonato Francês, na segunda colocação com 67 pontos.

Vanderson tem uma trajetória interessante em sua carreira. Formado nas categorias de base do Grêmio, foi vendido para a França em 2022, por 11 milhões de euros. Aos 22 anos de idade, já soma 84 jogos pelo clube francês, com seis gols marcados e nove assistências.

Caso sua venda para a Inglaterra se concretize, seria um negócio muito lucrativo para os franceses. Atualmente, o valor de mercado do brasileiro gira em torno dos 20 milhões de euros.

Receba notícias da Ligue 1 no seu WhatsApp

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp

[lwptoc]

O mercado de tranferências já está a todo o vapor, com várias compras e vendas de jogadores. Os clubes europeus tentam de tudo para lucrarem com vendas, ou comprar jogadores que possam reforçar seu elenco. Jogadores também acabam optando entre renovar seus contratos ou testar o mercado buscando um novo destino. Essa foi a decisão de Kylian Mbappé, que deixou o Paris Saint-Germain para se juntar ao Real Madrid na próxima temporada. No momento, Youssouf Fofana deve deixar o Mônaco, com o PSG sendo mencionado.

Fofana deve deixar o Mônaco mas não interessa o PSG

Em meio às várias movimentações no mercado europeu, Youssouf Fofana deve deixar o Mônaco. O jornalista italiano Fabrizio Romano informou nesta quarta-feira (12) que o francês, com ainda um ano de contrato, deve deixar sua equipe atual. Romano também acrescentou que o PSG não está interessado no jogador.

De acordo com o jornalista, os parisienses estão buscando outros tipos de jogadores para a posição de meio-campista. Isso seria um pedido do treinador espanhol Luis Enrique, conhecido por gostar de manter a posse de bola, com muitos passes no meio-campo.

Sem interesse de Paris, Fofana está sendo monitorado por times da Premier League. Titular pelo Mônaco na última temporada, o atleta foi peça importante no vice-campeonato francês. O clube ficou com 67 pontos, atrás do campeão PSG, com 76.

Na mesma equipe desde 2020, o meio-campista soma 175 jogos em quatro temporadas. Nesse período, marcou sete gols e deu 15 assistências. No momento, ele se prepara para defender a França na Eurocopa 2024.

Receba notícias da Ligue 1 no seu WhatsApp

[lwptoc]

Fabrizio Romano divulgou em suas redes sociais nesta segunda-feira (01) que o Chelsea não pretende se desfazer de Benoit Badiashile neste verão europeu. Segundo Romano, o clube já negou ofertas vindas da Itália pelo jogador em janeiro. Também existe a expectativa de que Trevoh Chalobah esteja de saída.

Chelsea segue apostando em Badiashile

Badiashile chegou na Inglaterra por 38 milhões de euros. Formado no Mônaco, o jogador de 23 anos subiu para o profissional do time francês em 2018, com apenas 17 anos. Ao todo, a promessa do futebol francês fez 135 partidas pelo Mônaco, com seis gols e três assistências.

Desde que acertou com o Chelsea em 2022, o zagueiro vem lidando com lesões e atuou em apenas 24 jogos pelos Blues. Foram 11 aparições na Premier League da temporada passada. Na temporada atual, foram nove jogos do Campeonato Inglês e duas partidas na Copa da Liga Inglesa.

No mesmo ano que deixou o campeonato francês, Badiashile foi convocado para a Seleção Francesa pela primeira vez. O jovem teve duas atuações com a camisa de seu país, contra a Áustria e a Dinamarca. Seu atual clube está demonstrando paciência com a jovem promessa.

O clube inglês espera recuperar sua melhor forma, estando apenas na 11ª colocação no Campeonato Inglês. Junto com a equipe, Badiashile deve tentar se manter saudável e ganhar sequência com o time principal.

[lwptoc]

Monaco já coloca Mbappé no Real Madrid

O assunto Mbappé e seu futuro continuam dominando os noticiários do mundo do futebol. Com a espera do anuncio de seu próximo clube, que para muitos é dado como certa a ida do Real Madrid, a equipe que revelou o craque francês, Monaco se adiantou e deixou no ar a possível ida do jogador aos Merengues.

O Monaco, através de sua conta no Twitter resolveu desejar os parabéns ao Real Madrid pelos seus 122 anos de história, porém o clube decidiu fazer uma montagem com os jogadores que já passaram pelos dois clubes, como James Rodríguez, Fernando Morientes ou Aurelien Tchouaméni, mas o pulo do gato ficou por parte do comentário feito na legenda;

E aos que estão por vir.

A legenda vem dando o que falar, já que deixa a entender que será Mbappé o próximo. «Pelos jogadores que partilhámos e pelos que estão por vir», escrevem.

Vale lembrar que o ídolo francês, Mbappé representou as cores do Monaco entre 2013 e 2018 e já terá comunicado ao PSG que pretende sair no final da época.

[lwptoc]

Os bastidores do mercado da bola estão agitados em meio à reta final da temporada europeia. De olho na próxima janela de transferências, que como sempre é a mais “quente” do ano, os gigantes do Velho Continente começam a se movimentar para identificar alves.

Monaco quer joia do futebol europeu

As equipes europeias não estão querendo saber de perder tempo e, cada vez mais cedo, jovens promessas do futebol brasileiro vêm sendo buscadas. A bola da vez no radar de gigantes é uma promessa do Grêmio.

De acordo com informações publicadas pela reportagem do site Globo Esporte, o atacante Gustavo Nunes, de apenas 18 anos, virou alvo do exterior.

Nos últimos dias, o Monaco, que disputa o Campeonato Francês, realizou uma sondagem em busca de maiores informações sobre a mais recente renovação contratual do jogador.

Após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior, competição na qual somou três gols e duas assistências, Gustavo Nunes foi valorizado pelo clube gaúcho. O novo contrato do atacante tem duração até o final de 2028, com multa rescisória de 80 milhões de euros (R$ 429,7 milhões) para o mercado do exterior.

Conforme o GE, outras equipes europeias também demonstraram interesse em Gustavo Nunes. No entanto, a equipe do Principado foi quem mais se aproximou para ter informações mais detalhadas.

Desde que foi promovido ao elenco principal do Grêmio, Gustavo Nunes soma cinco partidas, com um gol marcado e duas assistências durante o Campeonato Gaúcho.

[lwptoc]

Após a Corte Europeia de Justiça declarar que a Fifa e a Uefa não podem proibir a realização da Superliga Europeia, diversos clubes e ligas do futebol europeu se manifestaram publicamente contra o projeto da Superliga através de comunicados, reforçando apoio a Fifa e Uefa. Confira algumas reações:

LaLiga:
– A decisão do Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) não respalda a Superliga Europeia.Embora os promotores da Superliga afirmem que esta decisão os favorece, a realidade é que o TJUE foi claro ao afirmar que “uma competição como a do projeto da Superliga não necessariamente precisa de autorização. Ao serem levantadas questões de natureza geral sobre as normas da FIFA e da UEFA, o Tribunal de Justiça não se pronuncia, em sua decisão, sobre este projeto específico.

Premier League:
– O futebol prospera com a competitividade criada pela promoção e despromoção , com a classificação anual baseada no mérito das ligas e taças nacionais e das competições internacionais de clubes, e com as rivalidades e rituais de longa data que acompanham os fins de semana reservados ao futebol. A Premier League continuará a manter um diálogo aberto e construtivo com todas as partes interessadas do futebol sobre a melhor forma de proteger e melhorar o equilíbrio complementar do futebol de clubes nacionais e internacionais.

Ligue1:
– A Liga de Futebol Profissional apoia inequivocamente as competições organizadas pela Uefa. Nada pode substituir a legitimidade, a credibilidade e o prestígio das competições europeias, tal como são organizadas há mais de 60 anos. Estamos muito apegados aos princípios do mérito desportivo que deve reger a organização do nosso esporte: quer no contexto da classificação para as competições europeias, mas também, de forma mais geral, nos princípios de promoção/rebaixamento. Se o futebol é hoje o esporte mais importante no planeta é precisamente porque soube criar as bases para competições simples, claras e transparentes . Nada pode ir contra este princípio intangível que é poder dar a todos o direito de “sonhar” e poder chegar ao topo da pirâmide desportiva.

Manchester United:
– Nossa posição não mudou. Continuamos totalmente empenhados na participação nas competições da UEFA e na cooperação positiva com a UEFA, a Premier League e outros clubes através da ECA no desenvolvimento contínuo do futebol europeu.

Borussia Dortmund:
– O Borussia Dortmund examinará detalhadamente a decisão do tribunal assim que tivermos todas as razões para tal. No entanto, já estamos convencidos de que as conclusões que podem ser tiradas da decisão não correspondem às que circulam atualmente nos meios de comunicação social. Em vão, o Tribunal de Justiça deixou claro no seu comunicado que a decisão não significa que uma competição como a Superliga deva necessariamente ser permitida. Para o Borussia Dortmund, independentemente das discussões sobre o veredicto, aplica-se o seguinte: não estamos disponíveis para uma Superliga.

PSG:
– O Paris Saint-Germain rejeita total e totalmente qualquer plano para uma chamada Superliga, que tem sido assim desde o primeiro dia e sempre será assim. Como uma orgulhosa instituição europeia, o PSG apoia os princípios do modelo desportivo europeu, os valores da competição aberta e da inclusão, e trabalha com todas as partes interessadas reconhecidas no futebol europeu – acima de tudo com os adeptos e jogadores, que estão no coração do futebol europeu. jogo.

Inter de Milão:
– O FC Internazionale Milano reitera a sua posição de que o futuro bem-estar do futebol europeu só pode ser garantido por clubes que trabalhem em conjunto através da ECA, em parceria e colaboração com a UEFA e a FIFA. Como clube, continuamos comprometidos com os valores que sustentam o modelo desportivo europeu e em trabalhar através da ECA ao lado dos nossos colegas clubes para defender esses valores.

Monaco:
– O AS Monaco gostaria de expressar o seu total compromisso com o princípio do mérito desportivo que rege as competições da UEFA e o campeonato francês. O AS Monaco continuará a trabalhar com os clubes da Ligue 1 dentro da Ligue de Football Professionnel, e com outros clubes através da ECA, a fim de participar progressiva e coletivamente no desenvolvimento do futebol.

Roma:
– O clube não apoia de forma alguma qualquer projeto denominado Super League que representaria um ataque inaceitável à importância das ligas nacionais e aos fundamentos do futebol europeu. A AS Roma acredita que o futuro bem-estar do futebol europeu só pode ser garantido através do trabalho conjunto dos clubes através da ECA, em forte parceria e colaboração com a UEFA e a FIFA.

Bayern de Munique:
– Tomamos nota da decisão do Tribunal de Justiça Europeu. No entanto, isto não altera a posição do FC Bayern e da ECA de que tal competição seria um ataque à importância das ligas nacionais e à estrutura do futebol europeu. A Bundesliga é a base do FC Bayern, tal como todas as ligas nacionais são a base de outros clubes de futebol europeus. É, portanto, nosso dever e nossa profunda convicção fortalecê-los e não enfraquecê-los. Estamos também empenhados nas competições europeias de clubes sob a égide da UEFA. Por isso, deixem-me deixar bem claro mais uma vez que a porta para a Super League permanece fechada no FC Bayern. – disse Jan Christian Dreesen, CEO do Bayern.

Atlético de Madrid:
– A família do futebol europeu não quer a Superliga Europeia. Alemanha, França, Inglaterra, Itália, Espanha (exceto Real Madrid e Barcelona), etc. Eles não querem a Superliga. Somos a favor da protecção da grande família do futebol europeu, da protecção das ligas nacionais e, através delas, da qualificação para as competições europeias no terreno de jogo em cada temporada.

Por enquanto, Real Madrid e Barcelona foram os únicos clubes que se posicionaram de maneira favorável ao projeto da Superliga Europeia.

Real Madrid (a favor da Superliga):
– Acolhemos com enorme satisfação a decisão adotada pelo Tribunal de Justiça da União Europeia, ao qual compete garantir os nossos princípios, valores e liberdades. Nos próximos dias estudaremos cuidadosamente o alcance desta resolução, mas antecipo duas conclusões de grande significado histórico. Em primeiro lugar, que o futebol europeu de clubes não é e nunca mais será um monopólio. E, em segundo lugar, que a partir de hoje os clubes serão os donos do seu destino – disse o presidente Florentino Pérez.

Barcelona (a favor da Superliga):
– Como um dos clubes que impulsionam o projeto da Superliga, o Barcelona sente que a sentença abre o caminho para uma nova competição de futebol de elite na Europa, opondo-se ao monopólio sobre o mundo do futebol e deseja iniciar novas discussões sobre o caminho que as competições europeias seguirão deveria assumir no futuro.

Fonte: GE e OneFootball

Em duelo que abriu a 16ª rodada do Campeonato Francês, o Lyon venceu o Monaco por 1 a 0 nesta sexta-feira (15), fora de casa, no estádio Louis II. O gol da partida foi marcado pelo atacante Jeffinho, aos 40 minutos do segundo tempo.

Esse foi o primeiro gol do ex-jogador do Botafogo na temporada, em 10 jogos oficiais. Com a vitória, a equipe controlada por John Textor chegou a 13 pontos e deixou a lanterna da Ligue 1.

Apesar do triunfo, o time segue na zona de rebaixamento e pode reassumir a lanterna dependendo dos resultados de Lorient e Clermont, que ainda jogam na rodada contra Strasbourg e Olympique de Marselha, respectivamente.

Standings provided by Sofascore

O Chelsea anunciou oficialmente nesta sexta-feira (4) a contratação do zagueiro francês Axel Disasi, que estava no Monaco. Aos 25 anos, o jogador assina contrato por seis temporadas, até 2029.

Segundo a imprensa inglesa, os Blues vão pagar cerca de € 45 milhões (R$ 242,1 milhões) pelo atleta, que se torna a segunda contratação mais cara para a temporada 2023/24, atrás apenas do atacante Nkunku, que custou € 60 milhões (R$ 322,9 milhões) aos cofres do time.

Revelado na base do Paris FC, Disasi se profissionalizou no Reims, onde permaneceu até 2020, antes de se transferir ao Monaco. Na equipe do principado, o zagueiro atuou por três temporadas, se tornando alvo de gigantes europeus na atual janela de transferências. O jogador de 25 anos esteve na Copa do Mundo com a seleção francesa, atuando por poucos minutos.