Tag

Wolves

Browsing

Meia do Wolves defendeu seu companheiro

Daniel Podence, jogador do Wolverhampton, agrediu um adversário em um jogo amistoso para defender um de seus colegas de equipe. O incidente ocorreu no duelo entre Wolves, time da Inglaterra, e Como, time do futebol italiano.

Após o atleta Hwang Hee-Chan alegar ter sofrido um xingamento preconceituoso no meio da partida, seu colega de equipe desferiu um soco no rosto de um zagueiro adversário e acabou sendo expulso de campo.

O Wolverhampton se pronunciou oficialmente sobre o ocorrido, emitindo uma nota. O clube repudiou o caso e informou que apresentará uma queixa formal à UEFA, com a intenção de combater o suposto caso de racismo.

Como defendeu seu atleta

O nome do atleta que teria ofendido Hwang Hee-Chan com um insulto racista não foi divulgado. No entanto, está confirmado que se trata de um zagueiro do Como. O clube italiano também se manifestou sobre o incidente.

Com uma nota oficial, o Como saiu em defesa de seu jogador. O clube afirmou que não tolera o racismo e condena qualquer forma de discriminação. No entanto, alega que seu zagueiro é inocente. O time informou que, após uma conversa com o jogador, está ciente de que seu atleta não proferiu palavras em tom discriminatório.

Nosso clube não tolera racismo e condena fortemente todas as formas de discriminação de todos os formatos. Nós conversamos com o zagueiro em questão para entender o que ele disse. Foi nos informado que o jogador disse a um dos seus colegas: ‘Ignore ele. Ele acha que é o Jackie Chan’. Após longa conversa com o jogador, estamos seguros que o comentário foi uma referência ao nome do jogador e ao apelido ‘Channy’, constantemente usado pelos seus próprios companheiros de time, em campo. No que diz respeito ao nosso clube, nosso atleta não falou nada em tom discriminatório. Nós estamos decepcionados que a reação de certos jogadores do Wolves fez com que o incidente tomasse proporções desnecessárias.

[lwptoc]

Liverpool se despede de Klopp com vitória

O Liverpool recebeu o Wolves neste domingo (19) no Anfield, pela 38ª e última rodada da Premier League. Os Reds venceram por 2 a 0, ambos os gols marcados no primeiro tempo. O jogo marcou a despedida do treinador Jurgen Klopp, que deixa o clube após nove anos.

Klopp foi fundamental para o crescimento da equipe nos últimos anos. Sob seu comando, o time conquistou os troféus mais importantes. A Champions League, PL em 2020, primeira do clube, o Mundial de Clubes, Supercopa da UEFA, FA Cup, Community Shield e duas Copas Carabao. O alemão também protagonizou uma rivalidade histórica com o Manchester City, de Pep Guardiola, lutando ponto a ponto no Campeonato Inglês.

Liverpool sai na frente

O time da casa garantiu o resultado já no primeiro tempo. Aos 34 minutos, em jogada pela direita, Elliot recebeu e cruzou de pé esquerdo. O levantamento na área chegou até Mac Allister, que subiu entre os zagueiros adversários. O argentino marcou um belo gol de cabeça.

Aos 40 minutos, em jogada de escanteio, Gakpo conseguiu um leve desvio de cabeça. A bola chegou para Salah, na segunda trave. O atacante finalizou, mas o chute foi desviado pela defesa. Oportunista, Quansah aproveitou para empurrá-la para dentro do gol.

Liverpool dominante

Os vencedores dominaram a partida, com um número altíssimo de finalizações. Foram 36 no total, 14 no gol. Os visitantes chutaram apenas quatro vezes, três em direção ao gol. A posse de bola também mostra o controle dos mandantes. Foi 68% de posse contra apenas 32% dos oponentes.

Com o apito final, Klopp, muito emocionado, se despediu de todos na área técnica de sua equipe. Ele também foi cumprimentado pela comissão técnica dos Wolves. O técnico dos Reds, em seguida, se despediu da torcida, e introduziu seu substituto. Com ajuda de um microfone, o alemão gritou o nome de Arne Slot, que assumirá seu cargo na próxima temporada.

O Liverpool, após brigar pela liderança por boa parte do torneio, encerra sua participação em terceiro, com 82 pontos. Seus adversários, Wolverhampton, terminam na 14ª colocação, com 46 pontos.

Receba notícias da Premier League no seu WhatsApp

[lwptoc]

Arsenal bate o Wolves longe de casa

A Premier League tem um novo líder. Neste sábado (20), o Arsenal visitou o Wolverhampton, no Molineux Stadium, e venceu pelo placar de 2 a 0. Com o resultado, os Gunners, primeiro dos três postulantes ao título a entrar em campo na 34ª rodada, é o novo primeiro colocado.

Na reta final do primeiro tempo, o Arsenal abriu o placar com um golaço. Aos 45 minutos, o brasileiro Gabriel Jesus venceu a disputa no corpo com a defesa e rolou a bola para o francês Trossard, que finalizou no ângulo, sem chances para o goleiro José Sá.

A equipe do técnico Arteta, que dominou amplamente o duelo, encerrando o jogo com 54% de posse de bola e 24 finalizações contra apenas cinco do Wolves, matou o jogo nos minutos finais. Com 49′ do segundo tempo, Odegaard finalizou bloqueado pela defesa e pegou o rebote para dar um toque de categoria, quase sem ângulo para fechar a conta.

[lwptoc]

A briga pelo título da Premier League

Com a vitória sobre o Wolves, o Arsenal chegou aos 74 pontos. Neste domingo (21), o Liverpool, que está na terceira posição, com 71, visita o Fulham.

Já o Manchester City, que abriu a rodada na liderança, com 73 pontos, não atuará pela Premier League no final de semana. Neste sábado (20), os Citzens bateram o Chelsea, na semifinal da FA Cup.

Nesta quarta-feira (14), Matheus Cunha, atacante que vem sendo um dos principais destaques do Wolverhampton na temporada, possivelmente se despede da temporada atual. O jogador teve lesão no tendão da coxa confirmada pela equipe.

Vale destacar que além de ser o destaque da equipe, Cunha é o homem gol do Wolves, pela Premier League na temporada

“É uma lesão bastante significativa no tendão da coxa. Não há cronograma para isso. Tenho conversado muito com o Matheus e ele só quer continuar se dedicando para voltar o mais rápido possível”, revelou o treinador dos Wolves

 Matheus Cunha é responsável por 12 dos 32 gols marcados pelo Wolverhampton na atual temporada do Campeonato Inglês. A notícia chegou na pior hora possível, ainda mais que o jogador está vivendo a sua melhor fase da carreira, com seus 24 anos de idade.

O treinador dos Wolves fez questão de falar um pouco sobre como a ausência do atacante será dolorosa para o seu time:

“É obviamente um grande golpe para nós, para a equipe e para o Matheus pelo trabalho que ele tem feito – o momento que ele estava era excepcional. Essas coisas acontecem, todo time sofre lesões. Channy (sul-coreano Hwang Hee-chan) ficou mais de um mês ausente por causa da Copa da Ásia e conseguimos seguir em frente e precisamos fazer o mesmo sem Matheus”, disse.

Nesta terça-feira (16), Em jogo da Copa da Inglaterra, Matheus Cunha foi decisivo para o Wolverhampton vencer o Brentford por 3 a 2, após prorrogação, e avançar à quarta fase da competição.

Cunha deu assistência para Fraser empatar o jogo em 2 a 2 no segundo tempo. Na prorrogação, foi do próprio Matheus Cunha o gol que garantiu a vitória. Na fase seguinte, os Wolves enfrentarão o West Bromwich no dia 28 de janeiro, domingo.

Na quarta-feira, os últimos três confrontos extras serão realizados: Blackpool x Nottingham Forest, Bristol Rivers x Norwich e Everton x Crystal Palace.

Segundo informações do ‘TEAMtalk‘, o Tottenham está interessado em fazer uma proposta oficial pelo atleta que pertence ao Wolverhampton. O clube londrino está na busca de reforços para o meio de campo e o brasileiro pode ser uma opção.

O Tottenham está sofrendo com lesões frequentes em seu plantel ao longo da temporada atual, causando alguns problemas na sua corrida em busca de uma posição interessante no G4 do Campeonato Inglês. Os Spurs mira um meio-campista, podendo levar Conor Gallagher, do Chelsea, como a principal opção, tendo o João Gomes como uma entre as possíveis movimentações na lista.

Os Wolves não pretendem liberar João por um preço baixo, colocando o preço na casa das 30 milhões de libras, na presença de uma valorização interessante para o cão de guarda do elenco, que já demonstrou em diversas oportunidades que sempre está disposto a deixar tudo de si em campo.

Após empatarem por 1 a 1, Wolverhampton e Brentford voltam a se enfrentar nesta terça-feira (16), às 16h30 (de Brasília), no Molineux Stadium, em Wolverhampton, pelo replay da terceira fase da Copa da Inglaterra, equivalente à fase de 32 avos de final do torneio eliminatório.

Wolverhampton x Brentford

  • Data e horário: 16/01, às 16h30 (de Brasília).
  • Local: Molineux Stadium, em Wolverhampton, Inglaterra.
  • Onde assistir: Star+.
[lwptoc]

Prováveis escalações:

Wolverhampton: José Sá; Toti Gomes, Santiago Bueno e Kilman; Rayan Ait Nouri, Lemina, João Gomes e Semedo; Matheus Cunha, Pablo Sarabia e Hwang Hee Chan. Técnico: Gary O’Neil.

Brentford: Flekken; Zanka Jorgensen, Pinnock, Nathan Collins e Mads Roerslev; Jensen, Norgaard, Vitaly Janelt e Saman Ghoddos; Maupay e Lewis-Potter. Técnico: Thomas Frank.

Brentford e Wolverhampton se enfrentam nesta sexta-feira (5), às 16h15 (de Brasília), no GTech Community Stadium, em Brentford, pela terceira fase da Copa da Inglaterra, equivalente à fase de 32 avos de final do torneio eliminatório.

Brentford x Wolverhampton

  • Data e horário: 05/01, às 16h15 (de Brasília).
  • Local: GTech Community Stadium, Brentford, Inglaterra.
  • Onde assistir: Star+.
[lwptoc]

Prováveis escalações:

Brentford: Flekken; Zanka Jorgensen, Pinnock, Nathan Collins e Mads Roerslev; Jensen, Norgaard, Vitaly Janelt e Saman Ghoddos; Maupay e Lewis-Potter. Técnico: Thomas Frank.

Wolverhampton: José Sá; Toti Gomes, Santiago Bueno e Kilman; Rayan Ait Nouri, Lemina, João Gomes e Semedo; Matheus Cunha, Pablo Sarabia e Hwang Hee Chan. Técnico: Gary O’Neil.

Uma das principais estrelas do Wolves, Hwang Hee-chan despertou o interesse de grandes clubes da Premier League, como Liverpool e do Tottenham. A busca pelo novo reforço deve se intensificar apenas ao término da temporada.

Segundo o portal ‘Football Insider‘ uma possível contratação dos dois adversários diretos no Campeonato Inglês não será simples. O Wolverhampton anunciou a pouco tempo a extensão de contrato de Hwang Hee-chan. Agora, o vínculo do sul-coreano com o clube inglês vai até junho de 2028, com opção de mais um ano adicional.

Hwang Hee-chan vive grande momento na carreira. O atacante soma 21 jogos, com 11 gols marcados e três assistências distribuídas.

O atacante sul-coreano tem bastante experiência no futebol europeu. Antes do Wolves, passou por Liefering e Red Bull Salzburg, da Áustria, além de Hamburgo e RB Leipzig, da Alemanha. Hwang Hee-chan chegou ao Wolverhampton em meados de 2021, por empréstimo, e foi comprado em definitivo em 2022.

O Wolverhampton venceu o Everton por 3 a 0 neste sábado (30), no Molineux Stadium, em duelo válido pela 20ª rodada da Premier League. Kilman, Matheus Cunha e Dawson marcaram os gols da partida.

Com o resultado, o Wolves chegou a 28 pontos e três vitórias seguidas, ocupando a 11ª posição na tabela. O Everton é o primeiro fora da zona de rebaixamento, com 16 pontos.

As equipes voltam a campo em janeiro, pela Copa da Inglaterra. Os Toffees visitam o Crystal Palace no dia 4, enquanto o Wolverhampton enfrenta o Brentord no dia 5, fora de casa.

Standings provided by Sofascore

Nesta tarde de quarta-feira (27), em partida válida pela 19ª rodada da Premier League, o Wolverhampton venceu o Brentford por 4 a 1, no Brentford Community Stadium.

Os Wolves saíram na frente com dois gols com um minuto de diferença. De cabeça, Lemina abriu o placar, aos 12 do primeiro tempo, e Hwang Hee-Chan aumentou logo em seguida. Wissa fez o primeiro do Brentford aos 15 minutos. Foram três gols em 16 minutos de jogo. Aos 27, Hwang fez o seu segundo. Em um erro na saída de bola do goleiro, Bellegarde fechou a goleada em 4 a 1 para os visitantes.

O Brentford segue na 14ª posição, com 19 pontos. Já o Wolverhampton subiu para o 11º lugar, com 25 pontos.

Standings provided by Sofascore

O treinador, Mauricio Pochettino lamentou as chances perdidas pelo Chelsea na derrota deste domingo (24), por 2 a 1 para o Wolves, no Molineux.

Claro que cometemos um erro. Precisamos assumir a culpa. é por isso que não vencemos hoje. Porque no primeiro tempo, acho que criamos as chances, tivemos a chance de marcar e na Premier League, se você não for clínico o suficiente quando tiver a oportunidade, as chances você poderá sofrer gols.

O treinador comentou sobre as chances criadas e pela pouca efetividade nas conclusões. Vale lembrar que o Chelsea teve uma oportunidade, onde ficaram três jogadores contra apenas o goleiro, e foi desperdiçada, sendo a chance mais clara perdida, entre outras.

Concordo que somos nossos próprios inimigos. E acho que hoje é porque perdemos o jogo. Finaliza Pochettino.

Confira o trecho completo, da entrevista coletiva do treinador do Chelsea, Mauricio Pochettino;

Manchester United recebe o Wolverhampton no Old Trafford, às 16h (de Brasília), pela primeira rodada da Premier League, que encerra nesta segunda-feira (14). Os Red Devils vêm com reforços grandes e querem voltar ao topo, enquanto os Lobos apostaram alto na compra do brasileiro Matheus Cunha como maior contratação.

Durante toda a pré-temporada, os Red Devils realizaram oito jogos de preparação, vencendo quatro deles. Já o Wolves, participou de cinco amistosos e teve um ótimo desempenho, vencendo três jogos e empatando os outros dois.

No histórico de confrontos, foram 111 jogos entre as equipes e com grande vantagem para o Manchester, com 54 vitórias conquistadas contra 37 dos Lobos, além de outros 20 empates.

Onde assistir:

Transmissão: canal Star+ (streaming)

[lwptoc]

Provável escalação:

MANCHESTER UNITED: Onana; Wan-Bissaka, Varane, Martínez e Shaw; Casemiro e Eriksen; Antony, Bruno Fernandes e Mason Mount; Rashford. Técnico: ten Hag

WOLVERHAMPTON: José Sá; Semedo, Kilman, Dawson e Ait-Nouri; Mateus Nunes, Lemina e João Gomes; Pablo Sarabia, Matheus Cunha e Podence. Técnico: Gary O’Neil

Arbitragem:

Árbitro: Simon Hooper

Auxiliares: Simon Long e Adrian Holmes.

VAR: Michael Salisbury