Fluminense está em oitavo lugar no Brasileirão (Foto: Mailson Santana - FFC)

A chance do Campeonato Brasileiro ter um G9 de classificados para a Libertadores de 2021 é bem real, mas está longe de ser um fato consumado. Isso porque o Athletico, priorizando as copas que disputará as finais, já ficou bem para trás na classificação.

O Brasileirão, originalmente, classifica os seis primeiros para a Libertadores. Caso os campeões da própria Liberta, Copa do Brasil e Sul-Americana façam parte desse G6, novas vagas se abrem.

Então, vamos aos cenários!

O G7 é algo praticamente garantido. Afinal, como Palmeiras e Flamengo farão a final da Copa Libertadores, qualquer um que vença já abre “nova vaga” no Brasileirão. O time paulista é vice-líder com 52 pontos e o Rubro-Negro está em terceiro, com 49.

Já para o G8 ainda tem boas chances. Basta que, do ponto de vista da classificação atual, o Athletico perca a final da Copa do Brasil ou Sul-Americana. O time paranaense, 15º colocado no Brasileirão com 34 pontos, terá pela frente o Atlético-MG, líder com 59, na decisão da competição nacional e o Bragantino, quarto com 49, da internacional.

Resumindo: Um G9, hoje, acontece unicamente se o Furacão perder as duas decisões que disputará. Caso vença uma, o cenário mais provável é G8. Se vencer ambas, diminui para G7.

Veja como está a classificação do Brasileirão!