(Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

Autor de um dos gols do empate do Fluminense contra o Santos, na Vila Belmiro, o meia Paulo Henrique Ganso, que teve o melhor momento de sua carreira na equipe paulista, celebrou fazendo gestos de maestro.

Ao final da partida, quando questionado a respeito, o atleta disse que não foi uma provocação.

– Não é nem provocação, é agradecer mesmo. Conquistei muitos títulos aqui, tenho um enorme carinho pelo clube. Quem sabe um dia, mais pra frente, a gente possa voltar aqui – frisou.