(Foto: Marcelo Gonçalves/FFC)

O Fluminense não fez um grande jogo contra o Santos, mas teve tudo para sair de campo com os três pontos. Isso não ocorreu, porém, porque o Tricolor sofreu um gol no final da partida.

Para o meia Paulo Henrique Ganso, faltou maturidade da equipe para matar o lance em sua origem, evitando a igualdade do adversário.

– A gente sabia que o Santos é muito forte aqui. A gente tem que estar atento. Independente de tomar cartão amarelo ou não, sofreríamos. Hoje aconteceu contra nós de não matar a jogada. Num momento desse, independente do cartão que seja, a gente tem que matar. O time fez um bom primeiro tempo, mandou bola na trave, conseguiu a virada e não poderia ter deixado escapar esses dois pontos – lamentou.