(Foto: Nelson Perez - FFC)

Alvo de críticas por grande parte da torcida, os Esportes Olímpicos representam um prejuízo significativo para os cofres do Fluminense. Em balanço financeiro divulgado no último mês de maio, o Fluminense revelou que os EOs tiveram um déficit de R$ 14 milhões em 2020.

Nos dados do último trimestre, divulgado nesta semana, o gasto foi de 4.490.526,00 de abril a junho. Em comparação com o primeiro trimestre de 2021, o valor dobrou, já que no último período foi de R$ 2.481.034,00.

Vale mencionar que, além da tradição no Tricolor, os Esportes Olímpicos também possuem uma importante função estratégica na esfera política, pois os votos dos atletas costumam contribuir para eleger os mandatários do clube.