Gerente valoriza base do Fluminense em torneio hipotético

Gerente valoriza base do Fluminense em torneio hipotético

marceloteixeira3_fluminense_gcom_30Marcelo Teixeira, em entrevista exclusiva ao NETFLU, foi desafiado sobre a qualidade da garotada tricolor. Se tivesse que disputar uma competição com juniores contra qualquer clube do mundo, nas mesmas condições de idade, como o Fluminense se sairia?

– Pergunta maneira, nunca tinha pensado nisso e vou ser um pouco arrogante (risos). Se fizesse um sub-23 com todos os jogadores do mundo, tinha que vir o Kenedy e o Wellington Nem de volta, a gente iria brigar para ser campeão. A gente pode ver uma zaga formada por Marlon e Nogueira no Brasileiro. Os vi enfrentando equipes adultas da MLS (primeira divisão do futebol norte-americano) e vencendo. Se fosse pontos corridos, seríamos campeões. Só um torneio de mata-mata que seria difícil prever. Eu tenho uma forma de medir quem forma mais jogadores no Brasil e o Fluminense está em terceiro lugar. Sou o único que tem esse banco de dados e faz isso no Brasil. O Inter é o primeiro, depois vem São Paulo, Fluminense, Santos e Vitória. Olhando o cenário de jogadores que a gente tem, acredito que o Fluminense será o líder desse ranking em dois anos – aposta o gerente de futebol tricolor.


Sem comentários