Foto: Arquivo Pessoal

Antes de fechar o gol no sub-17 do Fluminense, Cayo Fellipe se aventurava como jogador de linha. Ele começou a jogar bola em um projeto em Vigário Geral, bairro onde mora, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Na época, ele atuava na linha, como pivô de futsal.

– Atuava na linha jogando futsal no bairro onde moro quando ganhei a oportunidade para fazer teste no Vasco, nesse meio tempo recusei ir para o Vasco já querendo virar goleiro. Foi aonde ganhei a oportunidade de agarrar pelo Clube dos 500 em Duque de Caxias, onde me destaquei, após dois meses foi quando cheguei para fazer testes no Fluminense. Nesse meio tempo, migrei para o gol e me saí muito bem na posição. É uma questão de momento e de aproveitar a chance. Fui bem como goleiro nos testes e graças a Deus estou colhendo os frutos daquela mudança – disse Cayo.

 O menino passou a calçar as luvas no clube das Laranjeiras, onde chegou há oito anos para fazer parte da fábrica de Xerém. Em 2021, ele passará a integrar o elenco sub-20 em seu primeiro ano na categoria.