(Foto: Photocamera)

Um dos ídolos recentes da torcida do Fluminense, o zagueiro Gum foi um dos atletas mais vitoriosos que vestiram a camisa Tricolor. Com algumas limitações técnicas, o ex-capitão do Flu se destacava pela sua raça e força de vontade em campo, justamente por isso recebeu o apelido de “Gum Guerreiro”.

Em entrevista ao portal GE, o bicampeão brasileiro elegeu Fred como sucessor da sua armadura de guerreiro e lamentou a ausência do camisa 9 no jogo de ida contra o Cerro Porteño (PAR).

— Por respeito, amizade e admiração, por ser um companheiro de seis anos no Fluminense, eu passo a armadura para o Fred, para ele liderar esse time. E nosso guerreiro estava em campo também em 2009. Infelizmente, ele se machucou e não vai jogar na próxima terça, mas tenho certeza que o Fred tem esse espírito dentro do grupo. Em campo, acredito que o Nenê, até pela experiência, vai ser muito importante para os mais jovens, e outros podem surpreender.

Gum atuou pelo Flu de 2009 a 2018. Fez 414 jogos e 29 gols. Foi bicampeão brasileiro (2010 e 2012), campeão carioca (2012) e da Primeira Liga (2016).