Gum superou corte profundo no supercílio em 2009, ficou em campo e fez o gol que abriu o caminho para a classificação do Fluminense para a final da Sul-Americana (Foto: Ricardo Ayres - Photocamera)

Um dos ídolos recentes da torcida do Fluminense, o zagueiro Gum foi um dos atletas mais vitoriosos que vestiram a camisa Tricolor. Um dos personagens principais do jogo histórico no qual o Flu venceu o Cerro Porteño (PAR) pela Copa Sul-Americana de 2009, o zagueiro relembra da confusão que marcou o fim da partida após o gol da virada marcado por Alan.

– Da briga eu lembro como foi. Muitos jogadores entraram naquela confusão, mas não lembro como começou. Eu estava na defesa, longe da confusão. Estava comemorando olhando para a arquibancada. Não participei também – revelou.

O zagueiro revela sua torcida pelo Fluminense e que vai estar em casa sofrendo junto com a sua família.

– Vou estar aqui torcendo, sofrendo muito. Pretendo assistir em casa com a minha família. Estou morando em Maceió e jogando no CRB – finalizou Gum.