(Foto: Mailson Santana - FFC)

Fred é titular incontestável do Fluminense. Mas será que existe a possibilidade de em algum momento receber a companhia de Abel Hernández no ataque? Em entrevista coletiva após a partida contra a Portuguesa, domingo, no Luso Brasileiro, o técnico Roger Machado analisou a situação.

O treinador revelou até ter feito testes em alguns treinamentos da equipe para jogar com dois homens de frente.

— Penso que tudo é possível. No último jogo da fase de classificação usei Abel com Raul à frente. Abel e Fred tem característica um pouco mais parecida. Tem modelo que gosta de usar, usei no começo da careira que era para que consiga jogar com dois atacantes na frente preciso compor meio com três médios e um meia de “enganche”. Esse modelo, infelizmente, deixamos de utilizar há muito tempo no Brasil. Para isso, preciso ter três médios fortes e às vezes as pessoas confundem. Não é que vai jogar com três volantes, três de meio, que você vai ser defensivo. Só que pela estrutura de novos sistemas, amplitude dos campos em lateralidade às vezes é muito difícil com três médios hoje que eles cumpram a lateralidade do campo. Porque a gente desacostumou a usar esse sistema. É preciso lapidar esse jogadores para esse sistema. Já testei em treino. É possível sim, mas pegando feedback deles, muitas vezes eles dizem: “quando roda o lado, muitas vezes a gente não consegue fazer abordagem rápida do lateral, a gente vai ter que descer o bloco e marcar muito perto da nossa área”. Porque esse sistema privilegia você espremer o adversário num lado do campo e não permitir a inversão. Mas vou seguir buscando sim, porque também gosto de atuar com dois jogadores à frente, por vezes com amplitude dos laterais e não mais dos pontas – disse.